A tecnologia na construção civil está tornando o mercado melhor ou pior?

A construção civil é um setor extremamente importante para um país. Além de ser indicadora da situação econômica, ela está diretamente relacionada ao Produto Interno Bruto (PIB), que indica como está o crescimento de determinado local.

Devido a sua relação direta com a situação de um país, a construção civil é fortemente influenciada pelas crises econômicas. Mas nem tudo está perdido! É em tempos de crise que o investimento em inovação entra em campo como auxílio para escapar da recessão.

Isso faz com que o mercado passe por profundas transformações, utilizando a tecnologia na construção civil para criar possibilidades que até então não foram contempladas. Porém,  é preciso ressaltar que o uso de novas tecnologias nessa área possui grandes vantagens mas também algumas desvantagens, que devem ser levadas em consideração.

Quer conhecer mais sobre o uso da tecnologia na construção civil? Então continue a leitura!

Como a tecnologia na construção civil influencia o desenvolvimento desse setor?

Antes de apresentarmos as vantagens e desvantagens da tecnologia na construção civil, é importante explicitar como as inovações tecnológicas influenciam esse campo. Se comparada a outras áreas do mercado, a indústria da construção ainda deu pouco espaço para a tecnologia, que se mostra cada vez mais promissora.

Como o setor da construção caminha de acordo com o desenvolvimento da humanidade, é importante que ele esteja sempre atualizado. Isso se dá por meio do uso de novos processos e materiais, permitindo uma maior produtividade com um menor custo.

São vários os exemplos do uso da tecnologia na construção civil, como o cimento que conduz eletricidade por meio de tubos de carbono, reduzindo o consumo de energia dos prédios. Além disso, a tecnologia é utilizada nesse campo para a preservação do meio ambiente. A sustentabilidade caminhada lado a lado com a inovação! Com o crescimento acelerado das cidades, a construção civil pode agir muitas vezes como uma intermediadora, reduzindo a quantidade de rejeitos e aumentando a reciclagem dos processos.

Para se ter uma ideia da importância da construção civil na preservação do meio ambiente, com o reuso da água nesse campo, por exemplo, é possível reduzir entre 30% a 40% o seu desperdício durante a construção. Daí a importância desse setor na preservação do meio ambiente!

Quais são as vantagens do uso da tecnologia na construção civil?

São inúmeros os benefícios do uso da tecnologia na construção civil! Podemos começar citando a produtividade, que aumenta em larga escala com o uso de processos inovadores — as máquinas conseguem produzir em larga escala e sem pausas, isso também impacta a qualidade da produção.

Para exemplificar bem o que significa a chegada de alta tecnologia nesse mercado específico, é possível falar das biomantas de fibra de coco, que foram desenvolvidas com a intenção de conter e revitalizar terrenos. A medida está alinhada com as demandas universais de crescimento sustentável.

Diversos produtos já estão sendo incorporados nas práticas diárias. Gestores da área comentam que, em alguns casos, a produção até dobrou com a adoção de determinadas tecnologias. Pernas mecânicas ajudam na pintura e dispensam os andaimes. Projetores de argamassa dispensa a famosa pazinha ao disparar o material já em quantidade certa.

Uma outra vantagem no uso da tecnologia na construção civil é o controle sobre a matéria-prima, pois o material utilizado é padronizado, evitando a perda de tempo com produtos de qualidade inferior ou com a reposição constante de estoque devido ao seu uso.

Podemos citar também a mobilidade de informação, pois é possível que os dados circulem facilmente pelo canteiro de obras, atingindo a todos os trabalhadores. Assim, os problemas que antes demoravam a ser resolvidos tornam-se de conhecimento aos colaboradores envolvidos, evitando que eles sejam cometidos devido à falta de comunicação.

O uso de softwares permite também que a construção civil atue com um conceito diferenciado, sem rabiscos e dados perdidos em papéis. Tudo é realizado em plataformas que operam de forma online e offline, possibilitando que os dados sejam atualizados constantemente. Esse fator contribui com a redução de perdas e aumento da produtividade, pois todos podem ter uma visão completa do andamento e dos detalhes de cada parte da obra, podendo intervir caso algo esteja saindo do ideal.

Desvantagens do uso da tecnologia na construção civil

O lado ruim, alertado por alguns críticos, da prevalência da tecnologia desse mercado, são os possíveis cortes de pessoal. Mesmo que pareça um perigo real, a maioria dos gestores se apressa em dizer que a chegada de tecnologia que aumenta a produção não equaciona demissões instantaneamente. Longe disso, passa a exigir mão de obra sempre mais qualificada e condições de trabalho mais seguras, mais satisfatórias e rentáveis.

Apesar da redução na produção de resíduos, o setor da construção civil ainda é um dos que mais produzem esses rejeitos. Esse campo também é responsável pela poluição da atmosfera – em especial devido a emissão de CO2 durante a produção dos materiais utilizados nas construções

Conclusão

Então, o que os avanços tecnológicos representam para a construção civil? Apesar dos impactos causados pelo desenvolvimento tecnológico, esse setor é constantemente beneficiado pelos avanços e pesquisas. E isso cria um efeito em cadeia! Com uma maior produtividade nas construções, é possível obter mais lucro e consequentemente, gerar mais postos de trabalho e gerar impactos importantes para a economia.

Hoje o cenário é de mudanças e busca de soluções viáveis para os mais variados projetos de construção civil. As profundas transformações pelas quais passa esse mercado ainda estão por serem compreendidas em sua amplitude. A mão de obra qualificada sempre exigida precisa acompanhar o ritmo da tecnologia para que não exista um descompasso entre os dois e consequentes prejuízos ao mercado. No entanto, as novas tecnologias abrem demais o escopo de possibilidades e não serão ignoradas nos próximos anos trazendo diversificação e velocidade à área.

Viu só? A tecnologia na construção civil ainda é um assunto que merece muitos estudos, mas já se sabe que ela traz grande possibilidade para o setor, como o aumento da produtividade dos colaboradores, controle e otimização de todos os processos no canteiro de obras, prezando pela organização, segurança, qualidade e rentabilidade da empresa. É preciso ainda que o setor mude a sua maneira de pensar sobre o uso dos recursos disponíveis, para não impedir os avanços tecnológicos para o mercado da construção civil, aumentando as possibilidades e reduzindo os riscos de prejuízos!

Se interessou pelo assunto? Conhece mais alguma vantagem ou desvantagem que não citamos aqui? Então não deixe de compartilhar com a gente nos comentários e permitir que todos conheçam os impactos da tecnologia na construção civil!

2 Comentários


  1. A tecnologia na construção civil está tornando o mercado melhor ou pior?
    preciso do nome do altor deste texto acima para colocar em u m trabalho de faculdade de engenharia civil

    Responder

    1. Olá Geraldo,

      Agradeço pelo contato e interesse.
      Esclarecemos que todos os artigos deste blog são de autoria do Mobuss Construção.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *