Tecnologia para gestão de projetos auxilia setor de construção

A utilização de dispositivos móveis e soluções de automatização de gestão de projetos por empresas do mercado de construção civil está crescendo cada vez mais. Cerca de 60% das empresas pretendem investir em novas tecnologias nos próximos cinco anos. Mais de 50% dos novos investimentos poderão ocorrer em tecnologia da informação, tecnologias para infraestruturas de canteiros de obras e em sistemas estruturais, segundo um estudo realizado. Por isso, as construtoras que quiserem se destacar e elevar sua competitividade devem considerar investimentos na área.

A gestão de projetos é uma etapa primordial na execução de obras. Um bom software auxilia em seu andamento, no controle dos prazos de entrega, em orçamentos definidos e planejados com os clientes, apoia nas revisões e na gestão compartilhada. Além disso, possibilita o controle dos arquivos internos e externos de uma edificação.

O uso de smartphones e tablets no canteiro de obras proporciona uma melhor gestão e a substituição do controle manual. As novas tecnologias, acompanhadas de metas estratégicas elevam o nível dos negócios das construtoras. Elas também contribuem com o aumento de qualidade e agilidade nos processos, e na redução de custos.

Compartilhamento e redução de erros na elaboração do projeto

O uso de recursos tecnológicos permite desenvolver uma gestão colaborativa de projetos e uma comunicação unificada entre os envolvidos durante o processo construtivo. Com um software específico para construtoras, é possível fazer o registro de todas as interações e revisões de um projeto. Isso facilita a gestão de projetos e a tomada de decisões, ações necessárias, alterações, permissões de acesso, fluxos de trabalho e prazos de entrega. Assim, evita-se desperdício de tempo, dinheiro, mão de obra e materiais.

O uso da tecnologia permite ainda compartilhar documentos com usuários externos por meio de um link temporário. Dessa forma, quem o recebe fica com o endereço e os documentos disponíveis durante o tempo necessário de cada fase do projeto. Essas novidades tecnológicas garantem a todos os envolvidos mais fluidez, rapidez e segurança.

Ao simplificar e estimular a integração o módulo de Projetos do Mobuss Construção facilita o entendimento e o dia a dia dos coordenadores, projetistas, equipes de obras e demais pessoas envolvidas. O software facilita o cumprimento de prazos de entrega e revisão de projetos, além de reduzir significativamente os erros de projetos e a necessidade de retrabalhos.

Armazenamento e acesso eficiente

Na maioria das organizações, alguns projetos são realizados externamente. Por isso, o principal diferencial a ser buscado em um software que visa à gestão de projetos é permitir o trabalho integrado e colaborativo. Para facilitar a compatibilização dos projetos, a tecnologia deve ser adotada para organizar e unificar tudo de forma simplificada. Assim, todos podem ter acesso a versões completas do processo.  

O acesso remoto de qualquer lugar é outro diferencial. O armazenamento na nuvem proporciona maior segurança de dados, agilidade, assertividade e produtividade.  

Por meio de um workflow configurável, presente em softwares atuais, o projeto pode ser disponibilizado e liberado para a execução, melhorando o fluxo de cada empresa. De forma resumida, workflow é o fluxo de trabalho automatizado, de acordo com as permissões de acesso estabelecidas pela empresa. A ferramenta costuma ser bastante fácil e é possível configurá-la sempre que a empresa precisar, atendendo ao fluxo de trabalho que a construtora necessita.

Dessa forma, todos os envolvidos em uma obra têm acesso aos projetos, o que permite sua liberação direta, configurável com base nos processos da organização. Ou seja, a tecnologia garante o acesso facilitado às informações essenciais. E ainda, assegura que todos estejam alinhados em relação ao que deve ser feito e ao que está acontecendo na construção.

Fases e versões de cada projeto

Quando se passa de uma fase para outra em projetos de construção, é preciso detalhar as informações das ações concluídas. Com o uso de software específico para a área, a inclusão de projetos pode ser feita por meio de carga em lote. De forma rápida e eficiente é possível incorporá-los de uma forma unificada, sem precisar selecionar os itens separadamente.

O processo de liberação de uma obra também é beneficiado com o uso da tecnologia, que permite incluir novas versões, alterações e prazos, e ainda auxilia os profissionais a realizarem uma melhor gestão de projetos. Toda a interação ficará registrada, bem como as versões corretas e as permissões de acesso.

Por meio do software é possível verificar se todos se todos os arquivos do projeto estão com a última versão e aprovados na revisão final, evitando o retrabalho.

Solicitações e permissões dos envolvidos na gestão de projetos

Os recursos tecnológicos também auxiliam na gestão das solicitações durante o processo construtivo. Cada membro da equipe tem permissões específicas e limitadas a sua área, facilitando a liberação e controle dos recursos.

Uma solicitação de plotagem, por exemplo, pode ser feita por um projetista, mas não por alguém no canteiro de obras, se assim for definido nas configurações do software. Também é possível criar grupos de usuários, com diferentes permissões para cada envolvido, determinando o que cada um pode acessar no projeto.

Desta forma, o uso de softwares específicos para o setor da construção civil não se restringem apenas às grandes operações e precisam ser considerados por qualquer gestor do segmento. Além de facilitar a comunicação entre todos os envolvidos, auxiliando na integração entre projetistas e a construtora, os aplicativos móveis proporcionam uma melhor gestão de seus projetos.

E você, já usa algum tipo de tecnologia para gestão de projetos? Para se informar e saber mais sobre as funcionalidades do Módulo de Projetos do Mobuss Construção, entre em contato com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *