Aplicando Inteligência Artificial (IA) na construção civil

A Inteligência Artificial (IA) transforma não só a cultura, como o modo de operacionalizar a cadeia produtiva por inteiro. Desde o advento das máquinas a vapor, a industrialização evoluiu cada vez mais rápido, até chegar ao patamar tecnológico atual.

Vivemos na era da informação, onde é possível experimentar soluções que, há alguns anos, eram consideradas apenas projetos de ficção científica. A hiperconectividade dos objetos, a análise avançada de dados e também a Inteligência Artificial já são uma realidade. Dessa forma, agregam inovações para todas as áreas e maximizam os níveis de experiência e produtividade de modo jamais visto antes.

O uso de tecnologias de ponta em canteiros de obras pode otimizar a gestão dos recursos, agilizar as atividades de edificação e diminuir custos do projeto final. E as vantagens não param por aí!

Os aprimoramentos alastram-se para a segurança dos trabalhadores e o desenvolvimento sustentável do negócio, beneficiando mais do que o Retorno Sobre o Investimento (ROI) da empresa. Isso faz parte do processo de digitalização das operações nas empresas, ocasionado pelo fenômeno da transformação digital.

A Pesquisa Global da Construção 2017 aponta que cerca de 95% dos profissionais consultados acreditam que as tecnologias disruptivas vão revolucionar o setor. Entretanto, o número de empresas já adequadas a esta tendência ainda é baixo: apenas 48% têm trabalhado com o desenvolvimento e a busca destes recursos.

Para acompanhar o ritmo da evolução, é necessário adequar-se a esta tendência e também modernizar-se com o uso das ferramentas disponíveis.

Entenda, neste post, o grande impacto da Inteligência Artificial no setor e descubra por que essa transformação está ganhando espaço nas maiores construtoras do país.

As principais aplicações da Inteligência Artificial na construção civil

Graças à Inteligência Artificial, o canteiro de obras pode se tornar mais eficiente. Com o uso da tecnologia, a construção é vista como um projeto vivo, onde máquinas podem reconhecer eventos, organizar relatórios com indicadores-chave de sucesso (KPIs) e também divulgar ações corretivas.

Vivenciamos um momento de oportunidades com a Tecnologia da Informação (TI) no processo de construção civil. Esta necessidade torna-se mais clara para quem trabalha diretamente com gestão de sistemas, uma vez que deve auxiliar o restante da organização a integrar-se com as novas tecnologias, facilitando a rotina e a execução de tarefas.

Para não ter dificuldades na hora de implementá-las, veja as práticas mais relevantes de IA no ramo construtivo:

Gestão da segurança e mitigação de riscos

A IA auxilia nos níveis de segurança do canteiro de obras de vários modos. Desde o monitoramento das atividades dos colaboradores até o apoio em cenários de alto risco.

Com o uso de Inteligência Artificial na construção civil, é possível, por exemplo, identificar violações do código de normas regulatórias e notificá-las em tempo real. São casos como: violação dos procedimentos operacionais em equipamentos, não cumprimento de requisitos em certificações válidas, falta de uso de EPIs (capacetes e óculos de proteção), entre outros.

Ainda é possível utilizar automação a distância em máquinas que apresentam riscos de operação. Isso evita uma série de acidentes que são comuns na exposição humana à tipos de instrumentação pesada. Dessa forma, os perigos à saúde do trabalhador são mitigados, sem perda de eficiência.

Uma outra forma de beneficiar-se da tecnologia é a partir da implementação de catracas virtuais. Estas funcionam de modo a controlar o acesso ao canteiro de obras via dispositivos móveis (como smartphones). Assim, é possível aprimorar a gestão da rotina dos trabalhadores, bem como controlar o uso correto das exigências de segurança ou até documentos e treinamentos em atraso por parte do funcionário.

Big Data e análise de dados

Como vimos, o diferencial da Inteligência Artificial em relação às outras tecnologias é que ela pode sintetizar múltiplos dados e aprender com eles. Tal qual a mente humana, este mecanismo usa da experiência e de toda a informação disponível para identificar padrões e formular respostas.

Podem ser utilizadas imagens coletadas a partir de vários dispositivos móveis, gravações de drones, sensores de segurança, tecnologia BIM e uma infinidade de possibilidades. O mais importante é buscar sistemas capazes de concentrar todas estas informações e disponibilizá-las de forma clara para profissionais.

A produção de dados na construção civil é constante. Essas informações impactam diretamente a tomada de decisão, a gestão e a mitigação de riscos. Já a análise desses dados permitirá um benchmarking mais preciso do setor e um planejamento futuro superior.

O desperdício de matérias-primas e de reparação influenciam 35% dos custos da indústria, segundo estudos. Esses mesmos poderiam ser evitados com a análise de dados ao reavaliar os processos com defasagem e calcular a quantidade necessária de insumos de uma obra.

Construções inteligentes

É chegada a hora de dar vida às ideias tecnológicas. Até porque edificações que interagem com o usuário são uma forte tendência na construção civil.

Além de comodidade, a Inteligência Artificial em prédios permite economia do usuário e aumenta os níveis de segurança. Com a implementação de sensores de movimento, por exemplo, é possível automatizar o sistema de iluminação de um ambiente, gastando menos energia.

Também é possível usar sensores de temperatura para identificar a presença de indivíduos no local. Isso serve para otimizar o deslocamento de moradores em um elevador ou para ativar câmeras de segurança quando algo suspeito for detectado.

Como podemos ver, as possibilidades são vastas. O mais interessante é combiná-las para fornecer a melhor experiência possível e criar projetos realmente diferenciados.

Não faltam bons motivos para aplicar a tecnologia na simplificação de atividades rotineiras, como a análise de dados e sistemas. A gestão de obras torna-se mais simples e eficiente com o uso das ferramentas de TI e, certamente, pode ser de útil para suas tarefas dentro da empresa.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre IA, mande por meio dos comentários! Para conhecer mais sobre outras tendências da Engenharia Civil para 2018, acesse aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *