Entenda os 3 indicadores de qualidade essenciais para as empresas de construção

Os indicadores são instrumentos quantitativos que fornecem às empresas de construção medidas a respeito de diversos parâmetros. Por exemplo, quando se deseja medir a qualidade do trabalho dentro da obra, pode-se utilizar o indicador “entrega no prazo acordado”, que aponta se o planejamento foi seguido à risca.

Como as análises qualitativas geralmente são opostas às análises quantitativas, é um desafio enorme traduzi-las para a linguagem dos números. Então, um questionamento surge: afinal, quais são os aspectos presentes em uma construção que podem avaliar a qualidade? Confira a seguir a resposta para essa pergunta!

Satisfação do cliente

A satisfação do cliente é um indicador que pode medir a qualidade média dos projetos que sua empresa vem desenvolvendo. Ele pode dizer se é necessária uma correção de rumos imediata. Para medi-lo, é essencial que você faça um follow-up de seu cliente após a conclusão da obra e, então, pedir para que ele avalie o seu serviço, preferencialmente, em uma escala de 0 a 10.

Notas altas não significam que você não deva realizar mudanças, durante a aplicação do follow-up as informações que o cliente ceder bem como as críticas deverão ser levadas em consideração. Apesar de ser um valor ideal, o 10 deve sempre ser buscado. Notas medianas normalmente significam que algum setor da empresa está bem abaixo do esperado e são um sinal para mudanças pontuais. No entanto, se a satisfação do cliente anda baixa, é hora de acender o sinal vermelho. Provavelmente há diversos setores que necessitam de ajuste, uma vez que contratempos bem localizados e resolvidos são capazes de aumentar significativamente a satisfação do cliente.

Empresas de construção que entregam no prazo acordado

Frequentemente, algumas construtoras deixam de cumprir prazos. Acarretando muitas vezes em processos judiciais, multas e outras despesas não previstas, aumentando consideravelmente o custo do empreendimento, valor este que não voltará para a empresa . Desse modo, você deve acompanhar de perto os prazos de entrega, pois esse indicador se tornará um grande diferencial.

A melhor forma de medi-lo é utilizando o sistema percentual. Estime a porcentagem de obras entregues no prazo a cada trimestre: o ideal é que esse número se mantenha sempre acima de 80%. Se esse indicador ficar abaixo dos 60%, sua empresa precisará urgentemente rever os seus processos para garantir os ajustes necessários nos fatores que estão prejudicando o resultado final da empresa.

Índice de retrabalho semanal

Um gestor de obras precisa sempre saber quantas vezes os seus operários precisaram refazer alguma tarefa ou etapa da obra. Cada operário deverá relatar diariamente quais serviços executou e quantos ele precisou refazer. Se algum deles estiver com números muito elevados, é preciso trabalhar individualmente para melhorar sua mão de obra.

Por outro lado, se esse indicador estiver alto na obra como um todo, você precisará rever seus processos, avaliar o pessoal e verificar, os treinamentos e procedimentos utilizados para realizar a tarefa, bem como a qualidade dos seus materiais.

Percebe como é essencial ter alguns indicadores para medir a qualidade de sua obra? Além dos citados aqui, sua empresa poderá ainda desenvolver seus próprios indicadores de qualidade baseados em seus processos internos. O importante é sempre ter alguns indicadores para manter o controle da performance das empresas de construçãoDúvidas ou sugestões? Deixe seu comentário. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *