Por que adotar um software na nuvem para gerenciar informações durante as obras?

As soluções tecnológicas de apoio à construção civil melhoram a produtividade e a eficiência dos negócios. Tendo em vista as vantagens, muitas empresas já fizeram a migração dos seus processos para estes aplicativos. Disponíveis no mercado, eles podem funcionar com ou sem ligação à nuvem. Mas afinal, o que significa estar ligado à nuvem? Quais são as vantagens dessa ligação?

O que é a nuvem ou cloud?
O nome oficial, “computação em nuvem”, designa aquilo que, muitas vezes, chamamos de “nuvem” ou “cloud”. A nomenclatura deriva da existência de uma ligação dos nossos dispositivos móveis, como tablets, computadores ou smartphones, a um servidor que armazena todos os dados, continuamente, através da internet. Basta acessar a nuvem e a informação está lá.
O sistema é contrário àquele que recorre à memória física dos dispositivos, guardando os dados no hardware do equipamento, como por exemplo através de um cartão de memória.

Vantagens no uso da nuvem
O armazenamento de dados é assegurado pelos servidores e, assim, o usuário não tem de se preocupar com este elemento;
O dispositivo não precisa ter requisitos específicos para fazer o acesso;
Desde que haja uma conexão à internet, o acesso pode ser feito de qualquer lugar através de um meio que o permita, a exemplo dos dispositivos acima citados.
No caso de empresas, o sistema é construído para que vários usuários acessem os dados e vejam, em tempo real, o que está acontecendo.

As vantagens da nuvem na construção civil
A nuvem é benéfica para qualquer empresa ou negócio em que exista trabalho em equipe e processos a serem executados por várias pessoas em diferentes etapas, como é o caso da construção civil.

1. Integração

Estar ligado à nuvem significa ter todas as etapas de um processo de construção integradas: a informação não se perde e é cruzada para se verificarem resultados.

2. Partilha

Existe sincronia entre o que está acontecendo no escritório e no canteiro de obras. A sincronização é feita em tempo real e permite que todos os envolvidos percebam o que ainda há para fazer e como podem melhorar a qualidade do que já estão fazendo. Isto evita, por exemplo, retrabalho e perda de tempo em tarefas menos prioritárias.

3. Controle

Com uma ligação contínua entre os elementos de uma equipe, é possível controlar a qualidade e segurança do trabalho. O gestor consegue ver como, quem, onde e o que está acontecendo em toda a cadeia relativa à obra. O controle também tem como consequência uma maior segurança para todos os trabalhadores da obra, que estão sendo monitorados pelo responsável.

4. Informação

O fato de a informação ser inserida on time pelos membros responsáveis por cada um dos indicadores resulta em dados fidedignos e atualizados. Com isto, os responsáveis conseguem tomar decisões com base em análise de resultados atualizados.

Sistemas com armazenamento em nuvem abrem portas ao futuro da construção, deixando para trás a desorganização das planilhas, folhas e planos redigidos e deixados no escritório. A nuvem diminui o gap entre o que é planejado e o que é executado, e aumenta a sinergia entre todas as áreas e a cadeia de valor de uma obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *