Medição de obras na construção civil: o que você precisa saber

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre Medição de obras em áudio!


 Para garantir que a qualidade final seja atingida e os prazos e orçamentos sejam respeitados numa obra, é preciso realizar um processo crucial conhecido como medição de obras.

Os serviços da construção civil necessitam de um grande volume de informações e tarefas simultâneas e mesmo com um bom planejamento, uma obra pode vir a enfrentar diversos gargalos ao longo do caminho. 

A medição de obras é responsável por acompanhar se a execução está em conformidade com o planejamento inicial. Então, antes de iniciar uma obra, é importante dar a devida atenção ao planejamento, pois é a partir dele que o controle dos processos será feito.

Quanto mais detalhado for o planejamento, menores serão as chances de contratempos durante o andamento da obra.

Além disso, o planejamento também deve levar em conta um orçamento de obras, essencial para que os profissionais possam fazer um controle financeiro dos processos construtivos. 

Essa etapa também é importante para definir se o projeto será viável do ponto de vista financeiro. Por isso, o planejamento precisa ser bem elaborado para que seja o mais assertivo possível.

Outro ponto que faz parte do planejamento é o cronograma de obras, responsável por guiar a ordem das etapas construtivas e de fixar o prazo de entrega de cada uma.

Com tudo isso em mãos, os profissionais conseguem manter um controle da execução na etapa da medição de obras.

O que é a medição de obras?

Em termos técnicos, podemos definir a medição de obras como sendo a etapa construtiva responsável por acompanhar e controlar a execução de uma obra.

O objetivo dessa etapa é verificar a conformidade de tudo aquilo que foi construído e garantir que esteja o mais próximo possível do planejamento estabelecido. Em outras palavras, a medição de obras é a etapa na qual os profissionais irão checar se os elementos construtivos estão de acordo com o projeto.

Além disso, será analisado se a obra está dentro do prazo e se os custos do orçamento não foram extrapolados.

Dessa forma, é possível identificar eventuais problemas e gargalos para que os responsáveis pela gestão possam fazer uma tomada de decisões antecipada e assertiva.

Outro ponto da medição de obras é a análise da utilização de materiais e equipamentos em cada etapa da execução.

Essa etapa é muito útil do ponto de vista econômico, afinal os profissionais podem averiguar se os recursos estão sendo consumidos mais rápido que o planejado. Com isso, é possível ter informações para antecipar a compra de materiais, manter o cronograma e tomar atitudes visando diminuir os desperdícios.

Qual a importância da medição de obras?

Como a medição é responsável por acompanhar o andamento dos processos construtivos, é nela que são identificados fatores que podem estar prejudicando a produtividade, a qualidade e os custos da obra.

Executar esse processo é uma maneira de obter informações para analisar as causas, origens e frequência de problemas que impactam negativamente o planejamento, cronograma e orçamento de um projeto.

A medição de obras é uma forma de evitar que os problemas se acumulem e a obra chegue ao final com desconformidades, fora do prazo planejado e com um custo muito alto.

Mais do que isso, ela garante que os gestores tenham tempo e oportunidades de otimizar os processos construtivos, gerando menos desperdício, aumentando a produtividade e consequentemente aumentando o lucro.

Além disso, a medição de obras fornece, com o tempo, dados importantes para a gestão da empresa, podendo gerar análises sobre quais etapas demoram mais tempo ou custam mais caro. 

Dessa forma, é possível criar uma padronização dos processos para garantir um aprimoramento contínuo e conseguir entregar obras com mais qualidade e rentabilidade. Por esses motivos a medição de obras é tão importante e deve ser realizada com frequência.

Como fazer a medição de obras?

Existem diversas maneiras de se realizar a medição de obras, mas todas elas têm alguns pontos e requisitos em comum.

O primeiro deles é dedicar um profissional exclusivamente para a função. O fiscal de medição de obras deve  ter sempre em mãos os projetos, o planejamento, o orçamento e o cronograma da obra.

Ele será o responsável por avaliar se o serviço realizado está dentro do prazo, consumindo apenas os recursos que deveria.

Durante essa avaliação, o profissional deve registrar as informações e problemas que forem identificados, geralmente em um relatório de medição de obras.

Para isso, a empresa deve escolher uma métrica de contagem adequada, como em metro quadrado, para calcular a quantidade de material de construção utilizado. Com isso, o andamento de cada etapa pode ser mensurado, tanto em questões de prazos, custos e conformidades.

A elaboração do relatório de medição de obras normalmente consiste em dividir a obra em etapas construtivas e especificar tudo que deve ser feito em cada uma, com seu prazo e custo definido.

Assim, o profissional vai anotando tudo que foi feito e registrando as desconformidades ou outras informações relevantes, inclusive utilizando recursos como fotos e vídeos. Aqui a mobilidade dos softwares de gestão é uma importante aliada.

Aplicação da medição de obras

Após o registro, as alterações significativas em desconformidade com o projeto e que serão mantidas da forma como foram construídas deverão constar no projeto as-built.

O termo, que pode ser traduzido como projeto como construído, é de extrema importância para que, ao fim da obra, o comprador e os utilizadores da edificação possam ter certeza de como tudo foi executado.

Em casos de manutenção, por exemplo, o projeto as-built poderá ser consultado e ajudará a entender a natureza de qualquer tipo de problema.

No final, aplicando todas as etapas desse processo, as empresas garantem uma maior conformidade nas obras, aumentando a produtividade e também os lucros de seus empreendimentos.

Agora você já sabe o que é a medição e como ela é importante para garantir o sucesso de uma construção. Mas se ficou alguma dúvida ou sugestão é só comentar aqui embaixo! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acesse nossos materiais educativos sobre construção