Como usar a Inteligência de dados a seu favor na Construção Civil?

Os dados são parte vital de qualquer empresa, e não é diferente  no ramo da construção civil. Mas a quantidade de informações geradas em uma obra pode ser enorme, tornando as etapas de análise e interpretação quase impossível de ser realizada humanamente. Por isso, a inteligência de dados vem ganhando cada vez mais espaço como uma solução eficiente.

Para que um empreendimento tenha sucesso e gere resultados positivos, tanto em lucros quanto em qualidade, é preciso que os profissionais utilizem informações reais. Elas precisam ser, principalmente, obtidas do próprio dia a dia da empresa, mas também de fora, servindo como ponte para a tomada de decisões embasada. 

Em um primeiro momento, as informações são apenas dados, estruturados ou não, e precisam ser coletadas, organizadas, tratadas e analisadas para que possam ser úteis. Por isso, as empresas têm investido na inteligência de dados como um meio mais eficaz de transformar os dados em informações interativas e fáceis de serem interpretadas.

Qual é o objetivo da inteligência de dados?

De maneira geral, o objetivo da inteligência de dados é conseguir lidar com uma enorme quantidade de informação, de modo a fazer análises e integrá-las em softwares. Assim, podem ser melhor aproveitadas e interpretadas, auxiliando na otimização dos processos e sendo utilizadas nas decisões estratégicas das empresas.

A presença da inteligência de dados em vários setores do mercado brasileiro já é uma realidade. Atualmente, ela vem ganhando espaço também na área da construção civil, onde ainda hoje, o trabalho é feito em sua maioria, de forma manual..

Mas, para que a adoção desse conceito funcione, é preciso saber como e onde aplicá-lo. Saiba mais!

Como usar a inteligência de dados na construção civil? 

Sistema de coleta e armazenamento de dados

Os resultados das análises geradas com a inteligência de dados precisam ser assertivos e compatíveis com a realidade da empresa. Para isso, é necessário investir em um sistema de registro, organização e armazenamento de dados eficiente. 

A TI na construção civil também é de vital importância, já que os sistemas  devem ser estáveis, acessíveis para todos os colaboradores e estar em constante otimização.  Dessa forma é garantido que nenhuma informação importante seja perdida ou que a produtividade nas etapas de coleta ou tratamento dos dados seja afetada por um sistema lento e ineficiente.

Além disso, os registros precisam ser o mais completos e detalhados possíveis, o que implica em dados escritos mas também em formato de mídias visuais, como fotos e vídeos. Assim, ter um sistema que tenha integração com dispositivos móveis é fundamental. Isso porque facilita a coleta e armazenamento de forma remota.

Outro ponto importante é a segurança e proteção dos dados. Por isso, é importante ter um software com armazenamento em nuvem. Assim, as informações são salvas de maneira correta, podendo ser acessados mesmo após muito tempo e só por quem é autorizado.

Uma funcionalidade, mais difícil de ser encontrada, mas que também pode ser muito útil é a possibilidade de o sistema utilizar a IoT (Internet das Coisas) para que os dispositivos eletrônicos sejam conectados entre si. Isso permite um fluxo de informações mais eficiente e rápido, aumentando ainda mais o detalhamento dos dados coletados durante as obras.

Com uma grande quantidade de dados ricos coletados, corretamente organizados e armazenados com segurança, é possível utilizar o conceito de inteligência de dados para otimizar diversas etapas da obra. Assim, fica mais fácil o processo de tomadas de decisões e a visualização interativa das informações.

Metodologia BIM

Os dados são parte vital na hora de utilizar os conceitos de BIM (Building Information Modeling) nos projetos das obras. Isso porque essa metodologia se baseia na ideia de atribuir informações e parâmetros aos objetos. Estas tecnologias BIM também podem ser integradas com sistemas de BI.

Dessa forma, eles passam a ser interativos e permitem a visualização de como eles se comportarão em diversas situações, com o decorrer do tempo e integrados em sistemas.

É preciso que haja uma base de dados completa para que as informações aplicadas no BIM gerem análises precisas e confiáveis da edificação, de diversas perspectivas, como:

  • Topológicas;
  • Orçamento;
  • Cálculo energético;
  • Previsão de insumos e ações.

Isso ajuda a fazer escolhas estratégicas durante todo o seu ciclo de vida, definido como existente desde a primeira concepção até à demolição.

Softwares de Gestão de Obras

Outra área onde a inteligência de dados ajuda é na adoção de softwares que otimizam a etapa de gestão de obras. E permitem que os processos construtivos sejam melhor controlados, garantindo que o projeto, o orçamento e também o cronograma sejam seguidos.

Os dados nesses softwares alimentam as análises que são geradas para solucionar ou mesmo antecipar o aparecimento de problemas que gerariam retrabalhos, atrasos e gastos não previstos. 

Dessa forma, os softwares podem, também, utilizar as informações obtidas ao longo do tempo para apontar as áreas mais improdutivas, com mais chances de erros e também as que representam mais gastos.

Outra funcionalidade que um software pode ter é a de gestão de qualidade. Nela, as informações sobre as conformidades e não conformidades são armazenadas e podem gerar indicadores de qualidade, que ajudam a resolver os problemas e melhoram na tomada de decisões baseada em dados reais obtidos do canteiro de obras. Lembrando que este softwares precisam estar preparados tecnologicamente para fazer essas integrações com tecnologias B.I.

Outras aplicações ligadas à inteligência de dados

Um exemplo de aplicações ligadas à inteligência de dados são os sistemas de Inteligência Artificial, que utilizam os dados e informações armazenadas para realizar determinadas tarefas de maneira automatizada e eficiente. 

Quanto melhor for a qualidade e quantidade das informações que a máquina baseada em IA terá a disposição, mais preciso e assertivo será seu trabalho.

Existem empresas especializadas em resolver problemas no setor da construção civil utilizando soluções tecnológicas, as construtechs. Elas utilizam muito os conceitos de inteligência de dados. Essas informações alimentam os softwares que permitem a geração de relatórios e apresentações interativas criados para resolver os problemas.

Utilize a inteligência de dados na sua empresa!

Como vimos, é muito importante dar a devida atenção a todas as etapas relacionadas ao manejo dos dados no canteiro de obras. Desde a coleta, tratamento e armazenamento até a utilização do conceito de inteligência de dados, sua análise e integração com softwares e soluções tecnológicas.

Dessa maneira, os dados geram informações valiosas que são aproveitadas pelos softwares para otimizar os processos construtivos. Além disso, auxiliam na etapa de definição de estratégias da empresa, afetando positiva e diretamente a produtividade como também evitando retrabalhos e solucionando problemas.

Ficou claro do que se trata a inteligência de dados e como pode ser aplicada de diversas maneiras no setor da construção civil? Deixe seu comentário!

Se ficou alguma dúvida ou sugestão, comente aqui embaixo e continue acompanhando os artigos do nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *