3 dicas para a redução de custos na construção civil

A redução de custos na construção civil é um desafio que, cada vez mais, necessita ser encarado com inteligência, planejamento e visão inovadora. Afinal, quando as construtoras utilizam soluções baseadas em tecnologia e apostas recentes do mercado, há corte de desperdícios, otimização de processos, diminuição do preço final de imóveis e agilidade no processo de vendas.

A seguir, confira as 3 principais dicas para você promover uma redução de custos eficiente na sua obra!

Como é possível implementar a redução de custos no negócio?

1. Comece a redução de custos com uma análise

Garantir o sucesso financeiro é uma missão que, acima de qualquer coisa, exige planejamento. Uma análise minuciosa sobre todas as atividades da obra precisa ser feita, ponderando os recursos que devem ser direcionados para a realização de cada etapa e a eventual necessidade de redirecionamentos, seja para a otimização ou redução de custos.

Utilize a curva ABC

A curva ABC é um método consagrado para a organização do orçamento de obras. Nela os principais dados sobre itens exigidos são expostos de forma detalhada em uma tabela. Enquanto as primeiras linhas descrevem os aspectos mais importantes da sua edificação, as colunas dão relevância ao preço total dos recursos.

Ao utilizar a curva ABC para redução de custos, o gestor terá uma visão completa dos seus materiais de trabalho. Estes estarão distribuídos de forma decrescente, facilitando a tomada de decisão no que se refere aos processos mais dispendiosos, às áreas passíveis de cortes, entre outros detalhes importantes.

Otimize a aquisição de materiais e equipamentos

É fato que garantir as escolhas certas na aquisição de matérias primas e equipamentos em uma obra faz toda a diferença ao promover uma redução de custos efetiva. Mais do que investir em itens de boa procedência, é preciso escolher os que são capazes de agregar performance e durabilidade para a edificação.

Outra opção viável é a locação de equipamentos para tarefas pontuais, que permite um controle exato dos gastos em relação ao período de trabalho realizado. Já que eventuais falhas ou problemas de operação estão protegidos pela garantia da locadora. Isso possibilita o uso de diferentes tipos de máquinas que podem, ainda, não fazer parte da realidade de aquisições da construtora.

Use o método de Lean Construction

O método Lean Construction é guiado por 5 princípios, os quais basicamente indicam que os empreendedores devem reconhecer o valor de seus produtos sob o ponto de vista dos clientes para:

  • Compreender todos os seus fluxos de valor;
  • Promover o bom andamento dos mesmos;
  • Garantir que nada seja feito antes do necessário;
  • Reconhecer eventuais melhorias de forma constante.

Criado nos anos 40, este conceito se refere à “construção enxuta” e, basicamente, visa diminuir os desperdícios de tempo e de recursos em uma operação.

Na construção civil, os princípios básicos de Lean Construction são unificados à tecnologia para promover a redução de custos e uma verdadeira transformação da produtividade nos empreendimentos!

2. Invista na sustentabilidade de toda a edificação

É fato que qualquer obra provoca impactos ao meio ambiente e à população que a cerca. O que muitos não sabem é que, além dos prejuízos socioambientais, a falta de cuidado com esse tipo de aspecto também pode representar uma significativa de perda de dinheiro.

Felizmente, diversos avanços não param de surgir na área, contribuindo para a redução de custos das construtoras. E também, combatendo a influência negativa que todas as atividades de um canteiro de obras produzem ao ecossistema e ao próprio arranjo social local.

Reduza o consumo da água e energia com tecnologias

A utilização de tecnologias que auxiliam na redução de custos com água e energia é uma tendência mundial. Essa solução, cada vez mais presente em imóveis residenciais e prédios comerciais, proporciona benefícios tanto às construtoras quanto aos moradores, gerando a economia entre 10% e 15% no valor da obra.

Promova uma gestão inteligente de resíduos e entulhos

Com a implementação de um sistema para controlar a quantidade de materiais despejados, as construtoras economizam até 30% nos custos relativos a resíduos e entulhos.

Outros fatores que influenciam diretamente nos gastos de uma obra, como os custos com materiais de construção, também podem ser acompanhados com esse tipo de ferramenta. Mais do que evitar desperdícios, um bom sistema de gerenciamento de resíduos na construção civil é indispensável para elevar o nível de sustentabilidade das construções.

Obtenha a certificação LEED

Promovida pela U.S Green Building Council, o selo LEED garante ainda o reconhecimento internacional às construtoras comprometidas com a sustentabilidade de suas edificações.

Trata-se da certificação com maior relevância em todo o mundo. Ela não somente destaca os empreendimentos ambientalmente responsáveis e modernos, como também garante a significativa redução de custos operacionais. Também proporciona uma maior valorização imobiliária e um aceleramento da ocupação.  

Entre os principais focos da certificação LEED da Greenbuilding, está a promoção contínua de práticas sustentáveis em um número cada vez maior de projetos e construções.

3. Aposte no poder da tecnologia e da inovação

Novos softwares com modelos e simulações virtuais estão sendo cada dia mais requisitados para aumentar a qualidade dos projetos na construção civil. Eles promovem uma redução de custos e prazos, além de um consequente aumento significativo nos lucros.

Utilize novos modelos virtuais de edificação

A tecnologia BIM para projetos de construção se destaca na criação de modelos virtuais de edificação. Ela possibilita a simulação de qualquer construção em todas as fases, visando a otimização e redução de custos de seu feitio.

Atualmente, os arquitetos e engenheiros utilizam um processo linear de planejamento, que permite verificar falhas apenas na execução da obra. Por meio da ferramenta BIM, marcas experimentam um processo colaborativo e simultâneo, onde é possível checar esses erros precocemente e evitar desperdícios.

O BIM transforma qualquer projeto em uma única composição de objetos pré-modelados, permitindo ainda a integração entre projetos de arquitetos e engenheiros, que possibilitam juntos uma visualização completa da obra.

Automatize a gestão da construção civil

Uma das novas tendências do mercado é a implementação dos aplicativos de gestão de obras nos canteiros, que permitem conectá-los aos sistemas de gestão. Mesmo off-line, é possível coletar dados para a integração posterior em softwares. Tendo assim, a possibilidade de programar períodos de transmissão pré-determinados.

Além de substituir os controles manuais, essa novidade é capaz de gerar uma significativa redução de custos. Afinal, empresas registram até 60% de economia com mão de obra e mais de 50% de ganhos com produtividade.

As vantagens da aplicação de um software para a gestão de obra, por meio de dispositivos mobile integrados, podem ser percebidas mesmo depois de sua conclusão. Pois ela traz a alternativa de potencializar o serviço de assistência técnica quando o imóvel estiver em uso.

Através de tecnologias como essa, é possível controlar o fluxo de solicitações e solucionar os problemas em um curto período de tempo. Promovendo assim a redução de custos eficiente e diminuindo a incidência de possíveis transtornos.

Analisar os gastos de uma edificação e estabelecer um planejamento é indispensável para qualquer construtora. Assim como o posicionamento em relação à todos os demais fatores socioambientais que a cercam.

Nesse mesmo sentido, aderir aos avanços tecnológicos tornou-se um importante pré-requisito para as empresas inseridas no ramo da construção civil, dada a complexidade nas relações mercadológicas que são construídas pelo mercado.

E você, já conhecia essas dicas para promover uma redução de custos eficiente em suas construções? Deseja conhecer mais sobre este e outros temas? Continue acompanhando o nosso blog e não perca os próximos artigos exclusivos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *