O impacto da tecnologia na indústria da construção

A pergunta do título é retórica, pois a tecnologia é responsável por transformações importantíssimas no ramo da construção civil. Se pensarmos bem, nem precisamos ir muitas décadas atrás para vermos como muita coisa mudou e, pela tendência, continuará mudando com a tecnologia. Dito isto, é preciso também lembrar que nem todos se utilizam do que há de mais moderno no setor, já que muitas novidades surgem a cada instante. Muitos gestores não imaginam a vantagem que é investir na tecnologia em um canteiro de obras, perdendo oportunidades preciosas.

Mobilidade de informação

Há alguns anos, era possível circular pelos canteiros de obras e ver a movimentação que havia na hora de um funcionário precisar comunicar algum problema ou até mesmo na hora de fazer a reunião de ajuste de metas diárias. Hoje, graças à tecnologia, com um simples telefone celular é possível não só conversar, como também enviar esboços e até projetos inteiros em questão de minutos.

Com o uso de softwares engenheiro pode ter uma visão bastante completa do escopo, dos detalhes e do andamento de cada parte do projeto, tendo uma possibilidade maior de agir caso algo esteja saindo do ideal.

As perdas com materiais subutilizados caíram drasticamente com a gestão de estoques, que mostra a quantidade de material utilizado e o montante necessário para a finalização do processo. Nada semelhante às pranchetas e os rabiscos no papel do passado, sujeitos a erros humanos ocasionados pelo cansaço.

Novas soluções para trabalhos pesados

Em escavações profundas, um avanço conseguido pela tecnologia foi o uso de polímeros, que compensam a baixa estabilidade em terrenos arenosos. Além de favorecerem a construção em regiões próximas ao mar, os polímeros oferecem segurança, economia e menor tempo de trabalho.

Para a concretagem contínua, as formas deslizantes são uma fantástica maneira de economia de material e tempo, cobrindo extensas áreas com agilidade e uniformidade, reduzindo também custos com mão de obra, já que exigem poucos operadores. Chaminés, poços, elevadores, silos, pilares para edifícios e uma enormidade de outras estruturas podem ser beneficiadas com as formas deslizantes.

De olho na segurança

Nessa escalada tecnológica, saem os prédios estáticos fincados no solo e entram os com amortecedores e de estrutura móvel, preparados para terremotos e até mudanças naturais de posicionamento do solo.

O que vem por aí

As projeções para o futuro são animadoras, com a inauguração de um prédio que gira 360° – o Rotating Tower, em Dubai – e inúmeras outras novidades da tecnologia, que melhorarão consideravelmente a fabricação de materiais. Outras maravilhas que logo farão parte do cotidiano são a corda de carbono, o cimento que conduz eletricidade e o bioconcreto.

Essas novidades já estão sendo testadas com sucesso e prometem ser a solução de alguns anos para ampliar ainda mais as vantagens da construção civil. É aguardar para ver.

2 Comentários



  1. Boa noite,
    Meu filho faz edificações na etec em pinheiros sp e precisa fazer contato com uma construtora que tenha expertise na utilização de polímeros em estruturas para a realização do seu tcc.
    Vcs possuem know-how nessa tecnologia? Poderiam permitir que ele faça um benchmarking com vcs?
    Ou poderiam indicar alguma construtora que tenha essa expertise?
    Agradeço desde já a atenção dispensada
    Muito obrigada
    Melissa bonavita
    Consultora de sistemas sap
    11943459985

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *