Qual a relação entre o PBQP-H e GERIC?

Para dar início à construção de um empreendimento, muitas empresas recorrem aos bancos para conseguir financiamentos. Mas o caminho a percorrer é longo até que a solicitação seja aceita e o dinheiro entregue. No caso dos financiamentos na Caixa Econômica Federal, por exemplo, a empresa precisa cumprir diversos requisitos. Entre eles está o processo de análise de crédito conhecido como GERIC.

Conseguir um financiamento significa não só poder viabilizar uma obra, mas também garantir que a empresa consiga ter rentabilidade em momentos de crise ou insegurança.

Por isso, cada vez mais construtoras e incorporadoras procuram bancos para solicitar financiamentos, em especial a Caixa Econômica Federal, responsável pelo programa Casa Verde e Amarela.

Mas muitas empresas não sabem os procedimentos e requisitos que devem ser preenchidos para que o banco aceite financiar um empreendimento. Como é o caso do GERIC, que possui diversos requisitos a serem cumpridos.

O principal requisito que será cobrado é o da certificação no nível A do PBQP-H. Conseguir um financiamento sem estar preparado é muito difícil, então para saber mais sobre PBQP-H e Geric continue lendo este artigo!

O que é o GERIC?

O Gerenciamento de Risco de Crédito, GERIC, é um processo de análise de crédito para obtenção de financiamentos.

O GERIC é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal, um dos principais bancos de financiamento para empresas da construção civil. A instituição foi, inclusive, a primeira do país a fornecer crédito para construtoras.

Através do histórico de financiamento de empreendimentos do setor da construção, a Caixa analisou as causas e origens dos problemas com os financiamentos, principalmente a inadimplência.

Com isso, implementou o GERIC para funcionar como um filtro que seleciona as construtoras mais aptas a conseguir um financiamento. Então, o principal objetivo do GERIC é certificar empresas para que elas possam obter financiamentos.

O GERIC funciona como uma espécie de auditoria e tem critérios bem rigorosos de análise de risco. São avaliados desde questões como a contabilidade e capacidade construtiva da empresa, até questões do empreendimento em si, como o entorno da obra e a situação do mercado.

Esses critérios são estabelecidos justamente para assegurar que a empresa tem capacidade de manter a adimplência com o financiamento.

Qual a relação do GERIC com o PBQP-H?

Um requisito crucial para que uma empresa consiga ser aprovada no GERIC é ter o certificado nível A no PBQP-H. Isso significa que a empresa precisa atender a critérios de qualidade e produtividade para poder solicitar um financiamento pela Caixa. Para garantir tudo isso, a construtora precisa preencher as exigências do sistema de gestão de qualidade do PBQP-H, o SiAC. 

O Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat, conhecido pela sigla PBQP-H, é um instrumento implementado pelo governo federal para certificar empresas do setor da construção.

O objetivo do governo com o programa é garantir moradias dignas para a população. Portanto, o objetivo do PBQP-H é garantir a qualidade, durabilidade, segurança, produtividade e modernização das obras.

Obter a PBQP-H não é apenas uma exigência do GERIC, mas de todas as portarias de bancos financiadores. Por isso, o primeiro passo antes de pensar em conseguir um financiamento é se adequar às exigências do PBQP-H.

Além disso, a adesão ao programa traz diversos benefícios para a construtora, como por exemplo a maior credibilidade passada aos clientes, garantindo competitividade no mercado.

O que é necessário para obter o GERIC?

Existem diversos documentos que a Caixa solicita para que a empresa possa obter o GERIC, a própria instituição disponibiliza modelos a serem preenchidos. Mas, além de documentos, existem outras exigências, como a certificação no nível A do PBQP-H e também o cumprimento dos requisitos da NBR 15.575. Ambas as exigências dizem respeito à qualidade e desempenho mínimo que a empresa deve oferecer em suas obras. 

Além disso, a empresa precisa fornecer dados contábeis comprovando sua situação financeira. São solicitados, no mínimo, os últimos três balanços patrimoniais da empresa.

Outra exigência é uma auditoria da Caixa para comprovar a capacidade de gestão administrativa e financeira da empresa. Por último, a empresa precisa comprovar sua capacidade técnica, passando por uma avaliação do engenheiro e obras já executadas.

Como obter o GERIC?

De maneira geral, podemos dividir o processo de obtenção do GERIC em duas etapas principais

Primeira etapa do GERIC

Na primeira a empresa deve apresentar as informações sobre o empreendimento para o qual será necessário o financiamento. É importante especificar a importância da obra e seu propósito para a sociedade, como será a estratégia de venda, as condições do entorno e qual sua contribuição para o crescimento da empresa.

Será necessário comprovar também a certificação no PBQP-H e o cumprimento das exigências da NBR 15.575. É nessa etapa que os dados contábeis deverão ser entregues, incluindo os últimos três balanços patrimoniais e a situação de obrigações fiscais da empresa.

Durante essa etapa também serão avaliadas as capacidades técnicas do engenheiro responsável pela obra e o histórico da empresa. 

Segunda etapa do GERIC

Já na segunda etapa, a Caixa irá avaliar a situação do mercado e se os possíveis compradores do empreendimento terão condições de arcar com a dívida até o final. Aqui a empresa deve mostrar que tem capacidade técnica e financeira para conseguir concluir o projeto.

Com tudo isso, a Caixa consegue garantir se a empresa tem chances de adimplência e avaliar a liberação do financiamento.

Importância do GERIC

O GERIC é crucial para as empresas que querem investir em um empreendimento, mas precisam de um financiamento para isso. Assim, cumprindo os requisitos e exigências do GERIC, a empresa consegue garantir o capital necessário para maximizar as chances de sucesso da obra. 

Agora você já sabe o que é o GERIC e como funciona o processo de obtenção. Mas, se ficou alguma dúvida ou sugestão, é só comentar aqui embaixo. Continue acompanhando os posts no blog! Aproveite para conhecer estratégias para fazer um orçamento de obras eficiente com o nosso ebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acesse nossos materiais educativos sobre construção