Como grandes líderes fomentam produtividade no trabalho das suas equipes

A liderança, geralmente, é identificada mais como uma atitude do que como o cargo exercido. É como no futebol — o jogador que toma a frente nas decisões de campo e extracampo, contando com o apoio de toda a equipe e do técnico, costuma ser escolhido como capitão. Por isso, ainda que seja responsabilidade do gestor garantir a produtividade no trabalho, muitas vezes é só quando ele exerce atitudes de liderança que ele consegue realmente cumprir esse objetivo.

Mas como a liderança garante uma equipe mais produtiva? E, principalmente, como aplicar esses conceitos ao setor da construção civil? Para ajudar você a se preparar, no post de hoje, separamos algumas dicas importantes. Confira!

Deixe claras as tarefas e os porquês

Mais do que saber o que fazer, a equipe deve saber por que está fazendo aquilo naquele momento.

Há funcionários mais participativos nas decisões, que gostam de sugerir mudanças no plano de trabalho. Nesses casos, tão importante quanto motivar a participação deles é não desanimá-los quando o plano não puder ser mudado. Isso se consegue quando a equipe além de conhecer o planejamento sabe também quais são as justificativas desse plano. Nada é mais desestimulante do que fazer algo sem propósito e sem saber o porquê.

Dica importante: mesmo falando com a postura necessária de um líder, é imprescindível usar a linguagem da equipe. Um líder deve ter sempre “canal aberto” com seus funcionários, e isso não vai acontecer se a equipe enxergá-lo com distanciamento.

Cuide do ambiente de trabalho

A produtividade e motivação no trabalho tendem a subir quando o local é agradável e a equipe se sente à vontade e satisfeita em pertencer a ele. Mas, para construir esse ambiente, um líder deve valorizar seus colaboradores e garantir que o local atenda aos seus principais anseios. entender o que a equipe espera encontrar ali.

Boas condições de trabalho para o descanso, local adequado para realizar as paradas para as refeições, equipamentos e procedimentos que facilitem e tragam maior dinamismo às tarefas são sempre bem-vindos.

Saber entender os perfis dos colaboradores também é muito importante, algum profissionais preferem ambientes mais dinâmicos e descontraídos, enquanto outros são mais focados e preferem ambientes mais calmos com pouca interação. O ideal nesse caso é estabelecer com a equipe um momento adequado para cada ação, para que isso não prejudique a produtividade e a dinâmica de trabalho.

Reconheça um bom trabalho

“Elogie em público, corrija em particular” é um ditado que tem tudo a ver com liderança. É importante lembrar que os elogios a um trabalhador específico devem ser no sentido de fazer do trabalho executado uma inspiração para os demais.

Da mesma forma, quando for preciso conversar com um funcionário sobre algum problema, erro ou falha, faça-o em particular — sempre focado em melhorar o serviço, e não em simplesmente repreender a pessoa.

Trabalhe nas causas que geram falta de produtividade

Converse individualmente com os funcionários menos produtivos. Pode ser que eles estejam passando por problemas pessoais ou, então, estejam simplesmente desestimulados. Se este é o caso, o que lhes falta? Procure atuar nas causas que estão dificultando em sua produtividade.

Um exemplo é a queda de produtividade no trabalho quando uma obra tem muitos imprevistos e mudanças de última hora. Se as mudanças forem inevitáveis, explique os motivos e use-os para despertar na equipe a mesma garra que muitos admiram nos esportistas, por exemplo. Promover a mudança também é uma atitude de liderança!

O mais importante é saber ouvir e ajudar, sem perder a firmeza e a segurança que toda a equipe espera de um líder. E então, pronto para colocar nossas dicas em prática e se tornar um grande líder, ou motivar ainda mais sua equipe? Então, confira também nosso post sobre como ser um líder inspirador para sua equipe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *