A importância dos indicadores de desempenho nas obras

Medir os resultados é um processo essencial para o sucesso de um projeto. Mensurar os dados obtidos para o estabelecimento de abordagens apropriadas de trabalho é uma tarefa que deverá permear todo o empreendimento, desde sua elaboração até o seu efetivo estabelecimento no mercado.

Por isso, os índices de desempenho no decorrer da obra e após sua entrega devem ser o mais precisos quanto for possível.  Quanto mais fidedignos e confiáveis forem os dados que você puder organizar e reunir em bons indicadores, menores serão os riscos de equívocos que resultariam em ônus para a empresa e seus projetos.

Os indicadores de desempenho como ferramenta de gestão servem ao propósito de definição de metas, organização do fluxo de trabalho, cumprimento de prazos, entre outros. Além disso, facilitam a definição de novas abordagens quando os objetivos não puderem ser alcançados.

Dessa forma, também no ramo da Construção Civil, indicadores de desempenho na gestão dos projetos se afirmam como um dos fatores cruciais para o sucesso de empreendimento. Quer saber mais sobre a importância deles em uma obra? Confira nosso post!

Os indicadores de desempenho na Construção Civil

Em um canteiro de obras, onde o fluxo de trabalho é intenso e várias são as etapas do projeto que comumente são desenvolvidas ao mesmo tempo, um planejamento organizacional com base em informações estatísticas acerca dos processos, métodos de trabalho, ferramentas e materiais pode contribuir decisivamente para que se evite todo o tipo de desperdício — de tempo, de trabalho e de recursos.

Os indicadores de desempenho, principalmente de qualidade e de produtividade na Construção Civil, podem lançar uma empresa nesse setor aos mais altos níveis de liderança no mercado, já que apenas uma pequena parcela das empresas desse ramo tem apostado em um trabalho com base em indicadores eficientes de desempenho.

Os processos de medição de desempenho podem ser perfeitamente implantados no contexto dos canteiros de obras, desde que se tenha estabelecidas todas as etapas do processo: a coleta dos dados, o processamento desses dados, a avaliação da informação coletada, a gestão desses dados ou a tomada de decisão em relação aos resultados obtidos, e, finalmente, a intervenção no processo com base na estratégia adotada.

Benefícios da implantação de indicadores de desempenho nas obras

Ao estabelecer indicadores-chave de desempenho em obras, possibilita-se um planejamento com base no estabelecimento de metas e a determinação de um planejamento estratégico para a gestão da obra. Dessa forma, se pode detalhar fluxos de trabalho, recursos de produção e o dimensionamento da mão de obra em médio e em longo prazo.

Além dos benefícios para a obra, como maior agilidade e redução de erros, tudo isso agiliza também a comunicação entre o contratante e a empresa, pois torna mais objetivas e acessíveis as informações referentes aos projetos e parcerias, de forma a possibilitar a adequação do projeto, caso haja áreas que precisem de mais investimento ou supervisão em determinado momento da obra, por exemplo.

Além de tudo isso, estabelecer indicadores de desempenho já não é uma tarefa árdua — principalmente quando se medem os benefícios trazidos pela prática. Para colher os dados que serão o subsídio para os indicadores de desempenho, o gestor pode inclusive contar com a tecnologia.

E então, ainda tem alguma dúvida sobre o uso de indicadores na Construção Civil? Deixe um comentário: participe da conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *