Qual a diferença entre canteiro de obra e frente de trabalho?

As normas regulamentadoras do ministério do trabalho apresentam, algumas vezes, as nomenclaturas “canteiro de obra” e “frente de trabalho” em conjunto. A exemplo da Norma Regulamentadora NR 1:

“1.6.2. Para efeito de aplicação das Normas Regulamentadoras — NR, a obra de engenharia, compreendendo ou não canteiro de obra ou frentes de trabalho, será considerada como um estabelecimento, a menos que se disponha, de forma diferente, em NR específica”.

Mas, afinal, qual é a diferença entre canteiro de obra e frente de trabalho? E como a tecnologia pode atuar em ambos os casos? Descubra no post a seguir:

As definições

Segundo a própria NR1, tem-se que:

  • Canteiro de obra é “a área do trabalho fixa e temporária, onde se desenvolvem operações de apoio e execução à construção, demolição ou reparo de uma obra”;
  • Já frente de trabalho é “a área de trabalho móvel e temporária, onde se desenvolvem operações de apoio e execução à construção, demolição ou reparo de uma obra”.

Os processos no canteiro de obras

Uma obra é composta por diversos processos, desde as etapas de orçamento, projetos até a construção propriamente dita. A etapa de construção é subdividida em fases e estágios.

Sendo assim, pode-se afirmar que tudo que se refere à edificação é realizado nas frentes de trabalho (cada uma com sua atividade, obviamente). Já as atividades de análise de projetos e documentos de acompanhamento (como está o andamento da obra, qual a produtividade das equipes, por exemplo), a discussão de novas alternativas executivas decorrentes de problemas ocorridos, as reuniões e todo o processo mais gerencial e documental são realizados no canteiro de obras.

Ademais, é válido ressaltar que os canteiros de obras são responsáveis por processos, que são fundamentais para o correto desenvolvimento da empreitada. As atividades executadas nas áreas operacionais dos canteiros têm a finalidade de ajudar as frentes de trabalho, fornecendo para a equipe de produção dados imprescindíveis para a concepção da obra, facilitando o cumprimento de marcos contratuais e o planejamento previamente realizado. Esses são os mais importantes processos realizados nos canteiros de obras!

A inovação da indústria da construção

Tanto no canteiro de obras quanto na frente de trabalho, o setor da construção vem sentindo os efeitos do mundo contemporâneo. Inovações surgem a cada dia e afetam positivamente os processos dentro destes setores, trazendo agilidade e uma grande melhora no controle dos processos. Já existem softwares voltados para auxiliar o dia a dia do engenheiro e, apesar do canteiro de obra e frente de trabalho serem ambientes pouco explorados tecnologicamente,  essas inovações podem auxiliar ambas as partes.

Nas frentes de trabalho a tecnologia  permite que o engenheiro verifique por exemplo a qualidade do que foi produzido e ajuda na garantia da segurança e nos processos de vistoria e entrega do produto final. Já nos canteiros de obras os softwares apresentam artifícios que facilitam a análise de todos os dados e informações reunidas nas obras, otimizando o processo de gestão e tomada de decisão.

O impacto da tecnologia no canteiro de obra e frente de trabalho

Com a implementação da tecnologia em processos que ocorrem no canteiro de obra e frente de trabalho, os benefícios são colhidos rapidamente. Além da melhoria da gestão em vários procedimentos, a tecnologia possibilita outros ganhos.

Um exemplo do impacto da tecnologia nestes setores é a alternativa de se utilizar soluções tecnológicas para realizar o apontamento da produção. Com essa alternativa é possível que o engenheiro realize o devido acompanhamento do andamento das atividades da obra, além de ter informações valiosas sobre a produtividade das equipes e das máquinas. Sendo assim, torna-se mais eficiente o cumprimento dos contratos e a execução do escopo, conforme planejado.

Outro fator positivo é o acesso aos dados mais facilmente, podendo ser analisados de qualquer ponto, seja ele dentro ou fora da obra (através da utilização de softwares e dispositivos móveis dentro do ambiente construtivo e do escritório da empresa).

Saber diferenciar a frente de  trabalho e o canteiro de obras é muito importante se você pretende tomar decisões estratégicas mais detalhadas e assertivas para a sua obra e facilitar seu trabalho e o da equipe envolvida no momento de inserir novas tecnologias na sua construção.

Gostou do nosso post? Então não se esqueça de acessar nosso blog para saber mais sobre tudo sobre a indústria da construção!

2 Comentários


  1. Verdade. A tecnologia auxilia bastante ao trabalho em canteiros de obras.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *