A importância do controle da jornada de trabalho na Indústria da Construção

Muito se fala sobre produtividade nos dias de hoje, especialmente na construção, onde o PIB caiu 5,3% em 2016 na comparação com o ano anterior. A discussão sobre formas de aumentar o rendimento no setor vem crescendo entre construtoras e gestores de obras. Contudo, aumentar a produtividade não tem a ver com aumentar o número de horas trabalhadas.

O aumento da produtividade está ligado a um controle eficaz das horas de trabalho no canteiro de obra. A ideia é que os trabalhadores envolvidos em um projeto tenham o melhor rendimento, ao mesmo tempo que as leis trabalhistas sobre jornada de trabalho são respeitadas.

Continue sua leitura e descubra como o uso dos recursos de maneira eficaz pode gerar resultados positivos para sua empresa!

O que a lei diz sobre o controle da jornada de trabalho na Indústria da Construção

Em primeiro lugar, é essencial que empresas cumpram as leis trabalhistas com diligência, para não correrem o risco de serem multadas ou sofrerem ações trabalhistas.

A lei diz que a jornada de trabalho para o setor da construção não pode ser superior a 44 horas semanais. Qualquer tempo que ultrapasse esse limite será considerado hora extra, com remuneração de 50% sobre a hora de trabalho do empregado. Além disso, o trabalho em hora extra não pode ultrapassar 2 horas diárias.

Vale destacar que a indústria da construção possui ainda mais responsabilidade quando tratamos do controle da jornada de trabalho, visto que, nesse meio, é comum haver a contratação de mão de obra terceirizada e de serviços de fornecedores externos, cujas horas de trabalho também devem ser monitoradas pela empresa. Lembrando que acordos locais com sindicatos podem alterar essas informações.

Como é feito o controle da jornada de trabalho na Indústria da Construção

Empresas com mais de 10 funcionários são obrigadas por lei a manter o registro das horas de trabalho. O controle do total das horas deve ser feito pelo registro de ponto eletrônico no caso das médias e grandes empresas.

Contudo, um controle de horas efetivo envolve não somente supervisionar quanto tempo cada funcionário passou dentro do canteiro, garantindo que as leis trabalhistas estão sendo respeitadas, mas também o controle de como esse tempo foi usado.

A ideia é que líderes acompanhem de perto a gestão de apontamento, ganhando maior eficiência no controle da mão de obra. Isso pode ser feito com a ajuda dispositivos móveis como tablets, munidos de soluções de inteligentes que apontam a produtividade gerada por cada colaboradores. Informações como custo da mão de obra, desempenho dos serviços e tempo de execução são facilmente coletados e compilados nesses sistemas.  

A Gestão de apontamento é extremamente importante para controlar todas as atividades no canteiro de obras, dos colaboradores ao uso dos equipamentos. Ela possibilita reduzir o tempo de acesso às informações e gerar indicadores de desempenho para tomadas de decisão. Além disso, a gestão de apontamento auxilia a manter o foco no aumento da rentabilidade e diminuição de desperdícios.

Os benefícios do controle da jornada de trabalho na Indústria da Construção de forma eficaz

Além de se manter em dia com as obrigações legais, o controle da jornada de trabalho pode trazer diversos outros benefícios.

Aumento da produtividade

Como mencionamos no início do post, o aumento da produtividade não tem a ver com trabalhar mais, mas sim com distribuir melhor as atividades e os recursos dentro do mesmo tempo de trabalho.

O controle das horas de trabalho na construção auxilia justamente nisso. É partir dele que líderes e gestores conseguirão mensurar o esforço necessário para cada atividade e remanejar seus recursos humanos de forma a atender todas as tarefas com a maior qualidade e agilidade.

Ao planejar e controlar quanto cada colaborador está rendendo, é possível otimizar o prazo de entrega dos trabalhos, aprimorar continuamente a execução das atividades, identificar quais membros do time apresentam melhor rendimento, definir metas reais e garantir o cumprimento dos prazos.

Melhora o planejamento das atividades

controle da jornada de trabalho na Indústria da Construção

O controle da jornada de trabalho na indústria da construção não é apenas uma obrigação para muitas empresas, mas também uma ferramenta para:

  • planejar: gestores poderão determinar prioridades e estabelecer responsáveis para as atividades, com definição de metas para cada entrega;
  • executar: será possível entender quanto tempo cada atividade requer para ser executada e planejar melhor o prazo de futuros projetos;
  • acompanhar: ao enxergar todo o processo de execução, o gestor será capaz de acompanhar o que está sendo feito, o que está atrasado e o que já foi entregue para otimizar a distribuição de tarefas e garantir o cumprimento dos prazos.

Possibilita o cálculo de horas extras

Segundo estudos realizados pela Revista Exame, o excesso de trabalho afeta a produtividade do funcionário. Ele gera cansaço e estresse, o que diminui a eficiência no cumprimento das tarefas. O controle das horas trabalhadas, então, ajuda a gerenciar a carga de trabalho da mão de obra para que ninguém fique sobrecarregado.

Além disso, ele auxilia também a manter o controle das horas extras realizadas, garantindo o registro preciso dos horários de entradas, saídas e pausas para que o empregado tenha seus direitos asseguradas e a empresa esteja resguardada.

O impacto da liderança na produtividade das equipes

Uma má gestão e liderança é um grande causador de queda de produtividade em equipes, principalmente na indústria da construção, onde muitas vezes a central de decisão está localizada longe do canteiro.

Planejar o cronograma de atividades de cada componente da obra é muito importante. Contudo, para uma gestão realmente eficaz, a troca de informações entre operários, mestres de obra e gestores se faz fundamental.

Mais uma vez, o uso da tecnologia com dispositivos móveis  com softwares de gestão de obras facilita a rotina do canteiro, tornando a troca de dados entre escritório e canteiro muito mais ágil. Acoleta, processamento e análise de dados também é facilitado.

É por meio do controle da jornada de trabalho na indústria da construção que construtoras e gestores serão capazes de acompanhar a produtividade e mensurar a performance do negócio, para que o uso eficaz dos recursos esteja garantido, assim como também a geração de melhores resultados.

Gostou do nosso post? Quer continuar aprendendo sobre como melhorar a gestão na indústria da construção? Assine nossa newsletter!

Dúvidas? Deixe seu comentário!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *