Competências que farão a diferença na indústria da construção do futuro

A globalização, tal como a evolução natural do setor de construção civil, gerou a necessidade de aquisição de novas competências. Construtoras e profissionais devem se atualizar a um novo panorama de mercado, altamente concorrente. O mesmo acontece com estudantes, que investem desde cedo no aprendizado e desenvolvimento de diversas competências.

Com soluções tecnológicas disponíveis que conferem agilidade à obra, não há mais espaço para permanecer utilizando metodologias tradicionais que não otimizam a produtividade e nem aumentam lucro. No sentido de aproximar todos os envolvidos na área às novas necessidades de mercado, é necessário um investimento em competências.

Recém-graduados
Para recém-graduados, a falta de experiência pode ser um empecilho para entrar no mercado de trabalho. Nesse sentido, o emprego da tecnologia pode ser um aliado. Isso porque traz a possibilidade de qualificação através do aprofundamento em sistemas que automatizam processos.

Profissional experiente
Já entre os profissionais experientes, a tecnologia é um aliado para a agilidade dos processos administrados por eles. Com o emprego crescente dessas ferramentas, é importante que engenheiros de gestores de obras troquem métodos tradicionais por sistemas otimizados, e, assim, acompanhem as tendências do mercado.

Construtoras
Se profissionais e recém-graduados precisam se destacar face à sua própria concorrência, os primeiros a tomar este passo devem ser as construtoras. Isso porque o emprego de tecnologia comprovadamente melhora os resultados dos empreendimentos em questão.

As construtoras que ainda seguem processos clássicos de planejamento e organização, como o uso de planilhas e relatório impressos de obra, não usufruem da automação. Processos pouco automatizados levam a prejuízos como:

– Retrabalhos;
– Perca ou falha de informação;
– Pouca integração dos elementos da equipe;
– Pouca circulação de informação sobre dados importantes da obra;
– Menor controle e, assim, menor segurança;
– Pouca agilidade na busca na informação e mapeamento de resultados.

Tecnologia na construção civil
Para além do correto uso de sistemas e aplicativos de gerenciamento da obra, todos os participantes do processo devem tirar partido dela e dar o seu input. Como em uma cadeia de valor, com processos integrados, todos os envolvidos têm a ganhar.

O emprego de tecnologia no canteiro de obra leva também ao compartilhamento de informações em tempo real, aumentando o conhecimento que cada um tem sobre suas tarefas e a dos outros. Menos burocracia, menos retrabalho, maior segurança e qualidade são competências ganhas através da tecnologia. Este é um investimento fundamental para todos na construção civil e a forma mais eficiente de se destacar da concorrência de mercado que tem tendência a crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *