Os principais pilares da gestão na construção civil

A gestão na construção civil tem enfrentado diversos desafios! Atender a cronogramas apertados, lidar com orçamentos enxutos, melhorar a produtividade e obter maior controle dos processos são somente alguns deles. A tarefa é exaustiva e as empresas têm encontrado bastante dificuldade para superá-los!

Por isso, explicaremos neste post quais são os pilares da gestão da construção civil para você adotar agora mesmo e melhorar o seu planejamento — e os seus resultados:

Planejamento

O primeiro passo para criar um planejamento eficaz é o completo entendimento do projeto. É necessário se debruçar sobre ele e fazer uma série de questionamentos:

  • Qual é o objetivo da obra?
  • Quais serão os maiores desafios?
  • Onde estarão os maiores gargalos?
  • Em alguma dessas etapas será melhor terceirizar um serviço?
  • Quais são os maiores/melhores fornecedores?
  • Quais serão os custos da obra?
  • Com quais prazos você terá que trabalhar?
  • Qual é a qualificação ideal dos profissionais daquela obra?

A partir dessas perguntas, você deverá elaborar um plano de trabalho que seja capaz de mitigar ou minimizar todos os problemas identificados durante o brainstorm anterior.

Todos os envolvidos na obra precisam saber qual é o grande objetivo a ser alcançado, qual o seu papel nessa conquista e como a sua empresa vai direcionar a solução para esse objetivo.

Gestão de pessoas

A começar pela grande oferta de profissionais no mercado com qualificação abaixo do esperado, a engenharia civil tem encontrado muitos entraves relacionados aos recursos humanos.

Outro problema tem afetado principalmente as pequenas e médias empresas, uma vez que os profissionais mais qualificados e destacados são rapidamente captados pelas companhias de grande porte, que oferecem salários e benefícios muitas vezes mais atraentes.

Uma forma de essas empresas driblarem tal empecilho é estabelecer um bom plano de carreira, que mostre ao candidato as possibilidades de crescimento dentro da empresa. Lembre-se sempre de que o salário não deverá ser a única forma de atração. Ele deverá saber que a importância e a responsabilidade dele dentro da empresa crescerão de acordo com o mérito.

Gestão de obras

De todos os profissionais, a equipe de gestão de obras talvez seja a que necessita de maior vivência no setor e entendimento dos processos de cada etapa do projeto, pois serão esses profissionais quem devem resolver os problemas que aparecem no dia a dia das obras e que, muitas vezes, são imprevisíveis.

Deverão estar atentos a cada detalhe: onde a obra está perdendo produtividade, qual material está sendo mais gasto, se a qualidade está conforme os padrões planejados, etc.

Nesse momento, um software de gestão de obras é altamente recomendado, pois será possível controlar diversos indicadores como o rendimento dos equipamentos, as horas trabalhadas de cada funcionário, a entrada e saída de cada matéria-prima, cumprimento dos requisitos de qualidade, número e causa das ocorrências abertas, documentação da empresa, etc.

Confira também as nossas dicas de gestão de estoque, que podem ajudar na hora de gerir sua obra! Quer mais dicas a respeito de como gerenciar sua obra? Assine a nossa newsletter e fique por dentro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *