Como elevar o nível do seu gerenciamento de obras, parte 2

Na área de construção civil, muitos são os fatores que podem alterar o resultado final. Pensando nisso, é importante ter um plano de ação amplo, que leve em conta cada aspecto variável do processo, visando conter as fugas de foco e as limitações que imprevistos possam causar. Um gestor precisa ter visão global da obra e conhecer ferramentas úteis para melhorar seus resultados.

Reunimos algumas dicas que podem ser úteis para elevar o nível do gerenciamento de obras. Vamos a elas.

Organização geral do canteiro

A organização geral do canteiro deve ser feita de forma a facilitar a execução da obra e reduzir os desperdícios no dia a dia, tanto de material quanto de tempo. Buscar maneiras estratégicas de reaproveitar os materiais e fazer um bom armazenamento deles também são dois cuidados importantes para um bom gerenciamento de obras. Os materiais circulam por diversos pontos, então estabeleça pontos provisórios de armazenamento e enfatize que, ao término das atividades diárias, os equipamentos devem voltar aos seus respectivos lugares.

Distribua funções de forma racional

Embora os membros de uma equipe tenham formações em diferentes níveis, há situações que pedem a atenção de todos para eficácia do gerenciamento de obras. Por isso, é essencial todos tenham consciência a respeito da importância de fiscalização dos procedimentos realizados por todos os membros da equipe. Não raramente, um funcionário pode ser mais bem aplicado em funções diferentes das que está realizando, portanto, o gestor precisa se atentar para isso e redistribuir as tarefas sempre que possível. A rotatividade de postos também ajuda na hora de treinar os membros da equipe em diversas tarefas. Isso desperta o senso de coletividade e sincronia.

Estabeleça metas menores

Pequenas metas são importantes para observar a capacidade produtiva dos indivíduos e também para fazer com que a equipe se sinta motivada. Porém, para o sucesso do gerenciamento de obras, evite que o canteiro vire uma gincana competitiva. É importante que a equipe entenda que um controle está sendo realizado e que uma boa execução das tarefas é fundamental.

Faça a coordenação individual de cada profissional

Separe um tempo para circular pelo canteiro com o propósito exclusivo de orientar os profissionais. É preciso que isso seja feito da forma correta para não parecer uma simples fiscalização, pois isso pode distrair e desestabilizar os trabalhadores. Deixe clara a sua intenção e faça observações pontuais se necessário. Caso haja erros, seja compreensivo, mas deixe clara a possibilidade de retrabalho. Aproveite também para atualizar cada membro sobre o andamento geral da obra de acordo com o cronograma.

Disponibilize canais de comunicação ágeis

Além de deixar claro para cada membro da equipe a quem reportar cada tipo de situação, disponibilize canais ágeis de comunicação. Atualmente no gerenciamento de obras, pranchetas estão sendo substituídas por tablets, e smarphones entraram no lugar de equipamentos mais antigos. Em uma obra de grandes proporções, quanto mais rápido for o cálculo ou o redirecionamento de funções, melhor.

Treine a equipe em tecnologia

Por mais que quase todo mundo hoje saiba utilizar dispositivos móveis, para garantir a qualidade do gerenciamento de obras, não basta entregar um equipamento nas mãos de um funcionário e esperar que ele descubra todas as suas possibilidades sozinho. É preciso que se tire um tempo para a demonstração de funcionalidades de aplicativos e também do funcionamento do próprio equipamento, seja tablet, smartphone ou similares. Conhecer mecanismos no papel é diferente de manuseá-los em um ambiente virtual.

Quais dessas dicas você já utiliza na gestão do seu canteiro de obras?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *