DDS: como aplicar na sua empresa?

Existem diversas medidas que podem ser adotadas para tornar o canteiro de obras mais seguro. Uma delas é o DDS, ferramenta conhecida por possibilitar a prevenção de acidentes de trabalho utilizando apenas alguns minutos diários e com ótimo custo benefício..

Cuidar da saúde física e mental dos funcionários não é apenas um dever das empresas, mas também uma maneira de investir em melhores resultados, tanto na produtividade quanto na qualidade. 

Profissionais saudáveis, motivados e felizes são a chave para que uma construção seja executada com conformidade e dentro dos prazos estipulados. Além disso, evitar acidentes significa prevenir gastos com indenizações e a perda de produtividade.

Por isso, é crucial conhecer e começar a aplicar ferramentas de segurança do trabalho para conscientizar os colaboradores da importância do cuidado com a saúde no ambiente laboral. 

A prevenção de acidentes deve ser constante e feita em colaboração com todos os envolvidos nos processos construtivos. É nesse sentido que o DDS se destaca como uma ferramenta eficiente na discussão dos riscos de acidentes e como evitá-los.

O que é o DDS?

A sigla DDS é a abreviação para Diálogo Diário de Segurança, uma ferramenta do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) que visa a prevenção de acidentes. 

Como o próprio nome já diz, o DDS consiste em uma conversa realizada todos os dias no canteiro de obras, abordando temas relacionados à segurança dos funcionários.

A duração do DDS normalmente é de 5 à 15 minutos, sendo um diálogo objetivo e focado nas questões de segurança do trabalho. Os temas a serem abordados variam a cada dia, mas devem ser pensados exclusivamente para as peculiaridades de cada obra e equipe. 

A ferramenta existe desde a década de 90, e as empresas que a utilizam já conseguem obter vários benefícios. Mas, com um melhor conhecimento e dando a devida importância a DDS, as vantagens poderiam ser ainda mais substanciais.

Vale ressaltar que a NR 4 estabelece a implementação do SESMT, sendo assim o DDS acaba se tornando um recurso normativo nas obras. 

Além disso, como a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) tem como uma de suas funções auxiliar o SESMT, ela também utiliza o DDS como uma ferramenta para a prevenção de acidentes. 

Quais as vantagens de aplicar o DDS?

Muito mais do que apenas uma ferramenta de segurança do trabalho, o DDS pode trazer vários benefícios quando aplicado corretamente, tanto para os trabalhadores quanto para a empresa. Confira abaixo algumas das vantagens:

Aumento da qualidade de vida dos funcionários

Garantir um diálogo com os profissionais diariamente permite que eles tragam sugestões sobre pontos que afetam negativamente a execução de suas funções. Assim, a empresa consegue investir em soluções e gerar uma maior satisfação e qualidade de vida para os colaboradores.

Prevenção de acidentes

A conscientização é a melhor forma de prevenir acidentes de trabalho. Dessa forma, o DDS é muito eficiente em garantir a segurança no canteiro de obras. 

Ter conversas diárias sobre os riscos de cada etapa construtiva e as estratégias de prevenção diminui as chances dos funcionários cometerem erros por negligência ou desconhecimento.

Integração da equipe

Outra vantagem do DDS é que ele promove uma maior integração da equipe. Pois uma vez por dia os profissionais se reúnem para conversar sobre a saúde no ambiente de trabalho.

Além disso, no momento do DDS os colaboradores podem se sentir mais seguros para relatar alguma questão que está incomodando e prejudicando o seu bem estar.

O que deve ser falado no DDS?

Por ser uma ação realizada diariamente, é importante pensar em diferentes temas para abordar com as equipes durante o DDS. 

Assim, as conversas não ficam repetitivas e o gestor consegue abordar assuntos importantes para garantir a segurança de todos. 

Abaixo seguem algumas dicas de temas que devem ser abordados no DDS:

  • Uso e importância dos EPIs e EPCs;
  • Riscos inerentes de cada função no canteiro presentes na Análise Preliminar de Risco (APR);
  • Perigos gerados por brincadeiras e desatenção durante o expediente;
  • Foco na organização, limpeza e higiene;
  • Como operar e transportar máquinas e equipamentos com segurança;
  • Primeiros socorros.

Quem deve ministrar o DDS?

O DDS pode ser liderado e realizado por diversos profissionais, desde os gestores até líderes de equipe. Mas é importante que a reunião seja sempre acompanhada e instruída de perto por um profissional da segurança do trabalho.

Em algumas conversas pode ser interessante trazer especialistas de diferentes áreas para falar sobre situações reais.

5 passos para aplicar o DDS dentro da empresa

Para garantir que o DDS seja eficiente e gere bons resultados, é preciso saber como inserir a ferramenta na rotina. Por isso, confira 5 passos para aplicar o DDS:

  1. Escolha um horário, geralmente antes do início do expediente, e um local adequado, confortável e próximo do canteiro de obras;
  2. Informe os funcionários sobre a implementação do DDS na rotina e a importância da ferramenta para a segurança no canteiro;
  3. Escolha os temas mais relevantes a serem discutidos nas conversas, levando em conta as peculiaridades de cada obra;
  4. Utilize estratégias visuais, como uso de fotos e vídeos, para manter os funcionários engajados e interessados;
  5. Registre todos os temas abordados e informações repassadas pelos funcionários durante o DDS.

Ao investir na segurança e no bem estar das equipes, consequentemente também está se investindo em maior produtividade e qualidade nos serviços. Por isso, implementar o DDS na rotina das empresas é crucial, já que a conversa é um dos melhores meios de conscientização sobre a prevenção de acidentes. 

Agora que você já sabe o que é o DDS e sua importância nas obras, conheça também outras ferramentas de segurança do trabalho no nosso ebook, clicando aqui

Continue acompanhando os posts no blog para aprender como melhorar a gestão na sua empresa!

DDS: como aplicar na sua empresa?

DDS: como aplicar na sua empresa?

Existem diversas medidas que podem ser adotadas para tornar o canteiro de obras mais seguro. Uma delas é o DDS, ferramenta conhecida por possibilitar a prevenção de acidentes de trabalho utilizando apenas alguns minutos diários e com ótimo custo benefício.. Cuidar da saúde física e mental dos funcionários não é apenas um dever das empresas, mas também uma maneira de investir em melhores resultados, tanto na produtividade quanto na qualidade.  Profissionais saudáveis, motivados e felizes são a chave para que uma construção seja executada com Continue lendo

Casa Verde e Amarela: o que o novo programa de habitação social significa para a construção civil? [Atualizado em 2021]

Casa Verde e Amarela: o que o novo programa de habitação social significa para a construção civil? [Atualizado em 2021]

O setor da construção civil no Brasil foi impulsionado fortemente com o lançamento de programas de habitação social populares pelo governo federal, como o MCMV (Minha Casa Minha Vida). Em 2020 o novo programa Casa Verde e Amarela chegou, com um novo plano e algumas diferenças do seu antecessor. É crucial acompanhar as mudanças nas diretrizes entre os dois programas de habitação. Assim, a indústria garante sucesso no lançamento das edificações para os programas de interesse social. O que é o programa Casa Verde e Continue lendo

eSocial e SST: como se adaptar ao sistema com apoio do Mobuss Construção

eSocial e SST: como se adaptar ao sistema com apoio do Mobuss Construção

O eSocial é um instrumento de grande importância para empresas estarem em conformidade com as obrigações fiscais e com as normas regulamentadoras. No setor da construção civil não é diferente. Também é fundamental a tomada de cuidados para não sofrer penalizações.  No ano de 2021, a Receita Federal Brasileira realizou algumas alterações no eSocial, visando simplificar o cumprimento das obrigações e tornar a fiscalização dos documentos mais transparente. Para saber tudo sobre as atualizações, incluindo o que mudou nos eventos de Saúde e Segurança no Continue lendo

Insalubridade em obras: Tudo o que você precisa saber

Insalubridade em obras: Tudo o que você precisa saber

Além de as construtoras precisarem prever os perigos inerentes dos processos construtivos, precisam entender também o que é a insalubridade em obras.  Os canteiros normalmente são locais com grande concentração de agentes prejudiciais à saúde. Por isso, garantir a segurança dos funcionários nas obras é um dever básico de qualquer empresa da área da construção civil.  Afinal, melhorar o ambiente de trabalho traz mais segurança e eleva a satisfação dos colaboradores, gerando mais produtividade e qualidade. O que configura insalubridade em obras? Um ambiente insalubre Continue lendo

Passo a passo para realizar uma vistoria de obra com tecnologia

Passo a passo para realizar uma vistoria de obra com tecnologia

Procedimento essencial da construção civil, a vistoria de obra é uma medida que abrange diversos aspectos. Essa ação oferece inúmeras vantagens e beneficia todos os envolvidos: desde a construtora até os órgãos regulamentadores, dos profissionais aos clientes. É um controle de qualidade que evita os acidentes, previne os atrasos, certifica adequação a normas e leis, reduz os gastos, economiza o tempo e garante uma entrega superior. Mas a digitalização e automatização de processos mudou a forma como a vistoria de obra é realizada. Com a Continue lendo

5 passos para você fazer o mapeamento de processos na sua construtora

5 passos para você fazer o mapeamento de processos na sua construtora

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre mapeamento de processos em áudio! Obras envolvem uma imensa quantidade de tarefas, atividades e etapas que duram meses ou até mesmo anos. Por isso, um mapeamento de processos é essencial para manter tudo em ordem ao decorrer do processo construtivo.   No entanto, muitas empresas não têm uma cultura de gestão de processos implementada, dificultando a identificação dos problemas e gargalos que afetam a qualidade, a produtividade e a eficiência na obra.  Continue lendo

5G e a transformação no mercado da construção

5G e a transformação no mercado da construção

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre 5G na construção civil em áudio! As medidas de distanciamento da pandemia forçaram muitos segmentos a digitalizar processos que antes precisavam de mais contato humano. Com isso, o mercado adaptou-se e percebeu as facilidades encontradas ao utilizar a tecnologia como aliada. Nesse meio tempo, surgiu também a quinta geração de internet móvel (5G).  Implementada desde 2019 em alguns países e pelo menos dez vezes mais rápida que a atual 4G, a Continue lendo

Design thinking no canteiro de obras: o que você deve saber

Design thinking no canteiro de obras: o que você deve saber

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre Design thinking no canteiro de obras em áudio!   Você conhece o conceito de design thinking? Essa estratégia pode ser uma excelente ferramenta para entregar construções com qualidades elevadas e uma boa experiência para os clientes. É comum que muitos profissionais da construção civil acreditem que analisar os problemas para encontrar uma solução é a melhor alternativa. Mas, em muitos casos, isso não funciona, principalmente porque as necessidades dos clientes acabam Continue lendo

Como resolver os principais problemas da construção civil

Como resolver os principais problemas da construção civil

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre os principais problemas da construção civil em áudio! Ano após ano, novas demandas surgem e fazem com que as construtoras precisem se reinventar, buscando soluções inovadoras. Nessa situação, os principais problemas na construção civil podem surgir tanto por mudanças no cenário econômico, quanto pela demanda dos clientes e fatores internos. No Brasil, alguns dos problemas recorrentes são a falta de insumos e de mão de obra qualificada. Isso tudo ainda pode Continue lendo

Quais as vantagens de utilizar um software na construção civil?

Quais as vantagens de utilizar um software na construção civil?

Está sem tempo para ler? Aperte o play abaixo e ouça o artigo sobre as vantagens de usar um software na construção civil em áudio! Da concepção do projeto, até o momento do pós-obra, uma obra precisa passar por inúmeras etapas distintas, mas que dependem uma da outra. É preciso garantir que tudo esteja alinhado e que cada etapa seja executada com a maior assertividade e agilidade possível. Por isso é importante investir em um software para construção civil. A tecnologia trouxe soluções eficientes para Continue lendo

Acesse nossos materiais educativos sobre construção