Software de gestão de obras: funcionalidades que não podem faltar

Apostar na alta tecnologia para a gestão é algo que pode beneficiar bastante a sua construtora. Vale a pena, cada vez mais, em um mercado tão competitivo, que exige ampla qualidade e eficiente comunicação interna, que seja viável ter dados recolhidos em tempo real e que os gestores tenham informações confiáveis sobre o andamento das obras, evitando os atrasos e desperdícios nas obras, trazendo resultados expressivos para a empresa.

Mas o que um software de gestão de obras precisa ter para lhe trazer o máximo de utilidade? E como o sistema poderia ajudar na fase de construção e no pós obra também? Leia nosso post e veja as funcionalidades que não podem faltar em um bom software de gestão de obras!

Controle do apontamento da produtividade

Esta é uma funcionalidade muito importante para a gestão de obras. O apontamento é uma forma de medir a produtividade, ou seja, de estimar-se as atividades executadas — em que tempo, com qual performance, por qual colaborador ou equipe, e se tudo ocorreu conforme fora planejado.

Contar com tal elemento é importante por dois motivos: melhorar efetivamente a produtividade no canteiro e facilita o melhor acesso a múltiplas informações. Além disso, vale dizer que também se torna possível fixar indicadores de produtividade e desempenho, de forma a controlar melhor o processo produtivo.

No geral, essa é uma das funcionalidades mais importantes — pois, além de avaliar o custo de mão de obra, também vai permitir um acompanhamento efetivo do andamento da obra, de forma a evitar os atrasos e o desperdício de recursos.

Gestão de documentos que circulam durante a obra

Uma obra de qualidade precisa contar com uma série de documentos atualizados e disponíveis para momentos importantes. Além de documentos referentes à obra em si, como detalhes do terreno e autorização de construção, é preciso também manter documentos como o escopo do projeto e os detalhes de realização da empreitada.

Quanto à mão de obra, é preciso manter documentações como normas de segurança e trabalhistas e também boas práticas a serem seguidas para o andamento da obra em geral.

Essa funcionalidade se torna ainda mais útil quando permite um controle de acesso dependendo do nível de gestão, e também quando permite a elaboração e modificação de documentos de acordo com as necessidades da obra.

Gestão eficiente e proativa da segurança no canteiro

Outro fator indispensável em uma obra é o atendimento às normas de segurança. É preciso, por exemplo, que os funcionários façam uso dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e que saibam proceder em determinadas situações. Cuidar da segurança, portanto, é mais do que uma necessidade: é uma obrigação.

Assim, um software de gestão de obras precisa contar com uma funcionalidade voltada para a segurança que inclua o controle efetivo da distribuição e validade dos EPIs e procedimentos de trabalho que garantam a integridade física dos colaboradores, bem como o armazenamento dos documentos trabalhistas.

A funcionalidade também pode controlar a participação de funcionários em palestras e seminários sobre o tema, assim como a participação em treinamentos específicos.

Gestão da qualidade da obra

As obras precisam seguir um determinado padrão de qualidade que atenda tanto às normas específicas como também às necessidades dos clientes. Para aderência a programas de qualidade, inclusive, é ainda mais indispensável que o software de gestão conte com uma função que trate sobre a gestão de qualidade da obra.

Essa gestão pode ser feita, por exemplo, com o uso de relatórios dinâmicos que indiquem se uma determinada característica da obra está de acordo com as normas de qualidade estabelecidas. Também é possível que a funcionalidade armazene dados sobre não conformidades, de modo a criar um histórico de avaliação e melhoria contínua.

Outra possibilidade inclui a gestão de qualidade em relação aos fornecedores. Avaliação efetiva dos produtos e serviços oferecidos pelos fornecedores de modo a garantir o atendimento aos requisitos e especificações exigidas e prevenir problemas de não atendimento às exigências logo no começo.

Controle nos processos de Vistoria e entrega de chaves

O cliente deseja o máximo de segurança e profissionalismo ao receber a sua unidade. Quando ele tem esse desejo atendido, a sua satisfação tende a aumentar. Para isso, um software de gestão de obras também não pode deixar de ter uma funcionalidade que trate sobre a vistoria e entrega de chaves.

Nessa funcionalidade, a gestão deve contar com uma integração com o módulo de qualidade para que a vistoria seja reforçada nos elementos que mais apresentaram não conformidades, por exemplo. Essa funcionalidade também deve contar com planejamento dos agendamentos de forma individual ou em lotes para que as tarefas aconteçam de maneira mais rápida e mais eficiente, assim como a realização de reinspeções em caso de inadequações.

Para ajudar a garantir a maior satisfação do cliente e proteger a empresa, a funcionalidade também deve conter um processo formal de entrega e recebimento, protegendo ambas as partes.

Atendimento da assistência técnica

A gestão da obra não deve acabar quando ela é concluída, especialmente quando a intenção é a fidelização de clientes. Ter um processo eficiente de atendimento da assistência técnica é essencial para garantir a satisfação dos clientes, mas além disso, serve para identificar e categorizar ocorrências e solicitações dos clientes de modo a facilitar o atendimento e criar um histórico para que problemas recorrentes não ocorram. Contando com integração com os departamentos de qualidade e de vistoria por exemplo, a gestão da assistência técnica é potencializada e a tomada de decisão facilitada.

No geral, essa funcionalidade permitirá a otimização de custos, a alocação de recursos e também permitirá um controle de prazos de atendimento. Essa funcionalidade vai servir para fechar o ciclo de atendimento do cliente e gestão da obra, que se inicia na designação de tarefas e se encerra no pós-vendas.

Para ser realmente útil, o software de gestão de obras precisa cobrir todas as bases de uma empreitada de modo a garantir não apenas a produtividade e a otimização de recursos, mas também o retorno do investimento para a empresa e a satisfação para o cliente. Por isso, as funcionalidades que não podem ficar de fora de um bom software de gestão incluem fatores como o controle da produtividade, gerenciamento de documentos, preocupações com a segurança, qualidade, entrega de chaves e o atendimento da assistência técnica.

E para você? O que não pode faltar no software para construção civil de sua empresa? Qual a funcionalidade que mais faria diferença em suas obras?  Não deixe de comentar!

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *