Entenda como a mobilidade pode ser uma extensão do seu ERP

As empresas de construção civil estão buscando cada vez mais soluções tecnológicas que podem ajudar a melhorar seus resultados. Nesse aspecto, os ERPs que existem no mercado são boas ferramentas de gestão que contribui para a melhoria e maior controle dos processos internos das empresas.

No entanto, o canteiro de obras — que é um dos pontos principais e chega a ser responsável por mais de 50% dos custos totais de uma obra — muitas vezes não é beneficiado por essas tecnologias, tendo em vista que o canteiro e o escritório ficam localizados em pontos distintos. No texto de hoje vamos falar como a mobilidade do Mobuss Construção pode ser uma extensão do seu ERP e atender a aspectos que hoje ele não atende e como ela pode ajudar a melhorar os processos que ocorrem nas obras. Acompanhe!

Afinal, o que é mobilidade?

No que diz respeito à tecnologia, a mobilidade é a permissão de uso de qualquer usuário que utilize a internet e/ou outros aplicativos em qualquer lugar, a qualquer momento, através de dispositivos móveis — smartphones ou tablets — a fim de obter ou transmitir informações com rapidez, eficiência e precisão.

Porque utilizar a mobilidade como a extensão do ERP?

Como dissemos inicialmente, o ERP contempla as rotinas importantes da empresa, como contabilidade, financeiro, comercial, entre outras. No entanto, muitas empresas da construção civil acreditam ainda que investir apenas em um ERP pode ser a solução para problemas gerenciais.

Contudo, o ERP engloba apenas processos e rotinas relacionados ao escritório e muitas vezes não se estende ao canteiro de obras. E é aí que a mobilidade corporativa entra. Nesses casos, ela funciona como uma extensão do ERP levando maior controle das informações do canteiro e também a outros processos externos, como por exemplo, a entrega dos empreendimentos.

Isso porque, dessa forma, é possível acessar informações importantes a qualquer momento e gerar relatórios que podem ajudar os gestores na tomada de decisão sem haver a necessidade de realizar deslocamentos ou envolvimento de outros colaboradores, atrasando muitas vezes todo o processo.

Quais vantagens a mobilidade oferece?

Além da possibilidade de ter uma extensão do ERP da empresa, pois softwares de mobilidade corporativas assim como o Mobuss Construção possui integração com todos os ERPs existentes no mercado, a construtora pode acessar as informações de qualquer lugar como dissemos anteriormente. Todas as ações que são tomadas externamente, como a solicitação de materiais, por exemplo, são integradas ao sistema. Assim como qualquer alteração que seja realizada em escritório, se estende também ao trabalho externo. Em adição, é possível ter maior controle sobre as perdas, os materiais utilizados, as ferramentas e a produtividade da equipe externa, andamento da obra e das rotinas dos canteiros de obras.

A mobilidade é um recurso tecnológico cada vez mais presente na vida das pessoas e na rotina das empresas, basta ver a quantidade de pessoas que possuem um smartphone, e essa tem se mostrado cada vez mais necessária para que as empresas possam se organizar e controlar melhor seus processos. Nesse aspecto, a mobilidade como extensão do ERP se faz necessária para que as empresas consigam maior controle, eficiência e redução de custos nos canteiros de obras e atividades posteriores ao canteiro, como entrega de chaves e assistência técnica.

O que achou desse artigo? Como é feito o controle de obras em sua empresa? Compartilhe suas experiências e opiniões conosco através dos comentários e participe da conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *