Por que usar aplicativos móveis para gerenciamento de obras?

Desde que a tecnologia mobile se espalhou pelo mundo, uma série de aplicativos foram criados para auxiliar os mais diferentes tipos de profissionais, do gerenciamento de tarefas ao gerenciamento de equipes. Os canteiros de obras de todo o Brasil não ficaram atrás dessa tendência e estão aderindo cada vez mais a essas novidades.

As novas tecnologias, como smartphones e tablets, já fazem parte do dia a dia de engenheiros, mestres de obras, encarregados e operários, beneficiando construtores, consumidores e funcionários, além de possibilitar um melhor gerenciamento de processos e a substituição do controle manual.

Para se ter uma ideia de como essa tendência tende a invadir o gerenciamento de obras cada vez mais, saiba que 60% dos empresários do setor têm planos de investir em tecnologia. Essa porcentagem é resultado de uma pesquisa recente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil de São Paulo (SindusCon), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Mas afinal, qual a vantagem em utilizar aplicativos móveis para gerenciar obras?

Evitam o desperdício e excesso de custos

O excesso de concreto nas vigas ou desperdício de recursos representa um aumento de cerca de 30% nos custos das construções. Isso aumenta em até 20% o volume de materiais – uma porcentagem ainda mais relevante para a indústria da construção civil se for levado em conta o contínuo aumento nos custos das obras.

Segundo pesquisa do SindusCon-SP, o preço médio dos materiais de construção têm subido mensalmente em média 0,14% e os custos com mão de obra, 0,06%. O aumento desses custos tem sido um fator determinante para que as empresas procurem cada vez mais o auxílio da tecnologia.

Isso sem falar na sustentabilidade ambiental – o setor de construção civil é responsável por 70% dos resíduos gerados nos principais centros urbanos do país, de acordo com o SindusCon.

Facilitam os demais processos

Não é difícil imaginar como as novas tecnologias e aplicativos móveis ajudam a melhorar os procedimentos nos canteiros de obras. Para as empresas da construção civil esses avanços significam maior velocidade e garantia de segurança, diminuindo prazos e custos.

A principal vantagem do uso de aplicativos é a reunião de informações do canteiro de obras e do escritório somada à possibilidade de acesso remoto dessas informações. Os dados são recolhidos em tempo real e podem ser integrados aos sistemas de gestão ERP das construtoras e empreiteiras.

Alguns aplicativos permitem que o usuário possa controlar a produtividade e os materiais utilizados na obra. Além disso, também é possível gerenciar equipamentos e perdas como quebras, chuva ou ociosidade.

Também existe a possibilidade de realização de análises dos processos de recursos humanos, como por exemplo, as horas trabalhadas, folgas e faltas, e também gerenciar áreas de segurança, além de fornecer subsídios que auxiliam na redução de custos e controle da sustentabilidade ambiental. Muito prático, não acha?

*Com informações de Luiz Carlos Mesquita Scheid, diretor Comercial da Teclógica.

Você tem alguma dúvida sobre o uso de aplicativos móveis para gerenciamento de obras? Pergunte nos comentários que iremos lhe ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *